Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sábado, 17 de outubro de 2015

Olá amigos!!

Caros amigos. Estou trabalhando duro para finalizar o segundo livro. Os detalhes, nomes e atitudes tomadas são tantas que isto demanda tempo. Esta semana recebi um monte de documentos que comprovam muitas das minhas acusações.

Já foi o tempo em que eu precisava escrever aqui sobre a justiça ou a falta dela. As últimas notícias que tenho acompanhado do Brasil mostram que eu estava certo todos estes anos. A corrupção tomou conta das instituições e do judiciário em geral. Não há mais leis. Quem paga, leva. A justiça se desmoralizou completamente.

Se você quer encontrar uma prostituta, procure no lugar certo. Tendo dinheiro você pode comprar qualquer uma ou qualquer um - depende da sua preferência obviamente. No judiciário você encontra aos montes. São prostitutas e michês. Tem para todos os gostos. 

O caso Pavesi está literalmente enterrado - no judiciário. Mas em breve estarei levando os detalhes sórdidos, como nomes e endereços para todo o mundo. 

Caros. Não tenho qualquer pretensão de intimidar o judiciário. Nada pode intimidar quem não tem vergonha na cara. Mas também nada impede de que todas saibam quem são e o que fizeram. Afinal, dizer o que fizeram não incomoda ninguém não é mesmo. 

Vagabundo e corrupto é vagabundo e corrupto sempre. 

6 comentários:

  1. Paulo,
    Mal posso esperar para ler esse seu segundo livro. Quero saber ainda mais sobre essa máfia nojenta do jaleco branco.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. O pior é que a canalha quer roubar a própria verdade. Mas já é um movimento irreversível... a verdade será mostrada. No Brasil, só sobra a empáfia e a arrogância, pois a comparação crua mostra que ele é dominado por uma elite decadente e autodestrutiva.
    Adeus, Brasil!
    Augusto.

    ResponderExcluir
  3. Também estou muito ansioso para ler este segundo livro e divulgá-lo para o maior número possível de pessoas, inclusive acho que o Paulo adotou a postura correta, denunciando a tudo e a todos com os seus devidos nomezinhos, endereços, profissões, ações ou omissões frente ao caso que ceifou a vida do seu filho, a final de contas você já é há muito tempo um cosmopolita do mundo sério (Europa).

    Por favor, não esqueça de citar "bela" participação da Instituição do Demóstenes Torres, da Débora Guerner, do Leonardo Bandarra etc., no Caso Paulinho.

    Data vênia, em breve informarei toda a armação, golpe, covardia e desumanidade que uma médica psiquiatra do Exército do Hospital Militar de Área do Recife está tentando desferir contra a minha pessoa: LAUDO/PARECER ME APOSENTANDO (REFORMA MILITAR) COMPULSORIAMENTE COMO UM DOENTE MENTAL PARANÓICO, ONDE PASSAREI A RECEBER UM SALÁRIO PROPORCIONAL AO MEU TEMPO DE SERVIÇO, ALÉM DE COM ESSA VERGONHOSA FALTA DE ÉTICA MÉDICA, BUSCAR ME CALAR E SEPULTAR VÁRIAS DENÚNCIAS QUE FIZ JUNTO A ÓRGÃOS "PÚBLICOS" PREVARICADORES, por sinal, algo muito comum (normalíssimo) em se tratando de um País comandado por corruptos como é o Brasil .

    Sargento Luciano Silva - MD/EB

    ResponderExcluir
  4. precisa falar mais alguma coisa? Essa denúncia agora é de doação irregular em uma criança menor de idade.Só pode haver doação se ambos os pais autorizarem a doação.Se um não autorizar, a doação não ocorre.Mas nessa denúncia aconteceu algo diferênte. http://www.diariopopular.com.br/tudo/index.php?n_sistema=3056&id_noticia=OTU4OTI=&id_area=Mg==

    ResponderExcluir
  5. Quero ler este livro, como é sordida nossa justiça e nossa politica...

    ResponderExcluir
  6. Eu nao conhecia esse seu blog. Vou assistir todos os vídeos, ler todas as reportagens e vou ler seu livro também.
    Parabéns pela coragem e pelo trabalho prestado à Nação.

    ResponderExcluir