Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Troca o pó Senador

A mentira é uma merda! Você mente uma vez e precisa mentir sempre e cada vez mais. Mas no Brasil pode! Os desembargadores do TJMG (Tribunal de Jagunços de Minas Gerais) ainda estão no século passado. Não sabem que a escravidão acabou e ainda cultuam os coronéis. É bem verdade que este culto não sai de graça.

Desde 2000, o caso Pavesi vem sendo palco de mentiras e mais mentiras, por parte dos acusados. E como sempre, quando abrem a boca, acabam entregando o ouro. 

Durante o processo, quando os traficantes de órgãos foram condenados, a máfia chefiada por Carlos Mosconi (braço direito de Aécinho coca-cola), tentaram afastar o juiz. Sabe como é né? A máfia tem poder. Não satisfeita com o resultado, tentaram afastar o juiz, passaram a ameaça-lo, intimidá-lo e dispararam recursos para todos os lados. Tudo na tentativa de impedir a democracia. Tudo para evitar que a verdade viesse à tona. Não deu certo! O juiz foi até o final e a máfia resolveu o problema comprando o desembargador Flavio Batista Leite que hoje dorme abraçado com os processos para que eles não andem e também para agradar o coronel.

Vocês devem também saber que o governo está tentando afastar o Ministro Augusto Nardes do TCU, alegando que ele antecipou o voto. Eis o pulo do gato. O Aécinho da farinha não se conteve e emitiu uma nota diante deste abuso. Vejamos o que disse o Senador:

O governo age como um time que, vendo que está perdendo de goleada a partida, pede para mudar o juiz. 
Chega a ser patética essa tentativa extrema de buscar desqualificar o Tribunal de Contas da União e os pareceres técnicos elaborados com rigor e isenção. 
Na verdade, essa ação truculenta e desrespeitosa do governo, através do titular da AGU, só consegue demonstrar, de forma definitiva, que faltam argumentos sérios para responder aos questionamentos feitos pelo TCU, e escancara o enorme receio de uma histórica derrota quando do julgamento das contas presidenciais. 
Felizmente, e ao contrário do que parece supor o Advogado Geral, o TCU não é órgão subordinado ao Poder Executivo e cumprirá o seu dever de julgar com independência e baseado em argumentos técnicos. 
É hora de mostrarmos definitivamente que, no Brasil, a lei deve ser cumprida por todos, em especial por quem deveria dar o exemplo: a presidente da República. 
Senador Aécio Neves
Presidente Nacional do PSDB

Vejam o que faz a droga!

O cara movimenta o capeta em Minas Gerais para que o caso Pavesi não seja julgado. Estamos entrando no 16o ano e nada. E agora vem dar lição de moral. Quer dizer que afastar juiz quando condena sua máfia pode? Mas quando acontece do outro lado é ação truculenta e desrespeitosa?

Caro Senador, largue a droga. Esta afetando o seu juízo. Acabou de entregar todo mundo de bandeja. Eu acho que você tem razão. Trocar juiz é coisa desonesta, vigarista, suja e vem de muito baixo. Comprar desembargador também.

Chega playboy! Vai pra clínica. O pó tá estragado.
Era só isto que esperava ouvir de você.

A lei deve ser cumprida por todos! É o que tenho dito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário