Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

domingo, 29 de novembro de 2015

Cadê a Andréa Abritta???

Cadê a marmita?? 

A tia Andréa Abritta foi advogada dos médicos no início do processo. Hoje ela ocupa um lugar de destaque na administração prisional de Minas Gerais, escolhida a dedo pelo PSDB (partido dos traficantes de órgãos). Eheheheh... Coincidências acontecem.

Na última vez que foram presos, a tia Abritta conseguiu transferir todos os traficantes para outro presídio, as escondidas, onde receberam atendimento VIP. Tudo fora da lei como manda o estatuto da máfia, obviamente. A Administração Prisional chegou a dizer por e-mail, que ela havia sido exonerada, mas era mentira!!! E eu quase acreditei.

Agora o João da Cela 10 precisa da sua ajuda, tia Andréa. O Flavinho ta meio devagar. Eu acho que ainda não chegaram a um acordo financeiro no HC. Então dá mais uma ajuda e transfere o gordo para aquele presídio onde ele tem as regalias. 

Pô tia, eu sei que a marmita esfriou, mas sempre tem alguém com fome. Quebra essa! Liga para o Mosconi e passa o número da conta. Assim vai agilizando.

Adorei a foto tia Andréa. 

3 comentários:

  1. Não vou julgar o trabalho da advogada porque todo bandido tem direito a uma defesa e a advogada Andréa Abritta estar trabalhando. Mas ela deve saber o tamanho do problema que ela estar criando. Vamos inverter os papeis. Tem tanto bandido no mundo, então vamos supor que uma grande amiga e colega de trabalho da Andréa Abritta consegue soltar um criminoso perigoso e o mesmo bandido solto comete um crime violento contra a própria Andréa Abritta ou algum familiar dela? Nessa situação será que a amizade da Andréa Abritta vai continuar a mesma com a advogada muito amiga que soltou o bandido perioso? Fica a reflexão porque essa situação já é muito provável de acontecer e acredito que já estar acontecendo.Se eu fosse advogado, eu recusava defender bandidos!! Quem defende bandido na minha opinião estar prejudicando o mundo.

    ResponderExcluir
  2. Fico aqui na torcida para o Paulo Pavesi colocar quente, mandar bomba na internet!Eu tenho vontade de mandar!!Dar vontade de criar um bocado, milhares de perfis em todas as redes sociais e compartilhar esse caso tão cruel e ruim que não dar para descrever e dizer o significado aqui. Não sou o pai, mas falo como pessoa, um ser humano de Deus. Tenho a capacidade de mim colocar um pouco no lugar do Paulo Pavesi, do Paulinho e da família dele. Em crimes dessa natureza sou contra a pena de morte porque a morte passa e a dor do pai nunca. Sou a favor de colocar o bandido no sofrimento perpétuo, constante e aproximado da dor do pai. Acho que estar na hora do Paulo Pavesi ampliar as estratégias. Estar na hora dos perfis nas redes sociais começarem a interagir mais com as igrejas e outras comunidades diversas, para que esse caso se espalhe e o Paulinho permaneça sempre vivo porque Ninguém morre, enquanto permanece vivo no coração de alguém que ama. O Paulinho vive e sempre viverá ,ele tem um significado e um propósito nas nossas vidas. Se eu e cada um de nós fizermos um pouquinho, o Paulinho vai estar sempre mais vivo e presente na nossa mente, na nossa vida, no Brasil e no mundo.O Paulinho é de Deus, estar com ele e segue os ensinamentos dele: Deus é bom, mas também é justo e fiel na mesma proporção!!Vamos seguir a Deus e fazer a justiça e ser fiel!!Deus não é só amor e perdão, Deus é julgamento, ação, justiça, integridade, verdade!!Acho que levar esse caso para frente é coisa de Deus, porque estamos procurando a justiça junto a ele.Acredito que Deus estar apoiando essa causa.

    ResponderExcluir
  3. Oi Paulo Pavesi!! Acredito que sua estratégia é muito boa, mas vários blogs e redes sociais réplicas para ajudar os oficiais é muito importante também. Você tem todas as provas de um crime terrível e de difícil desempate com outros tipos de crimes. Esse crime tem que estar compartilhado em todos os lugares aonde houver e existir internet. Por favor detone um por um na internet. Fico na torcida aqui de ver você detonando na potência e velocidade máxima!! Eu colocaria até anúncio patrocinado no adworks e outras fontes de publicidades. Criaria a versão livre e a versão paga do livro para poder colocar anúncios patrocinados na internet. Guerra é guerra!! Agora os bandidos tem que sentir o peso da mão pesada do pai que quer justiça.

    ResponderExcluir