Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

terça-feira, 10 de junho de 2014

O que realmente dizem as noticias?

Neste semana algo curioso aconteceu. Recebi dezenas de e-mails com um link para uma materia da BBC Brasil, falando sobre trafico de orgaos. Como muitos sabem da minha luta, imaginaram que seria interessante que eu soubesse desta materia. Como gratidao pelo esforço destas pessoas, compartilhei no meu facebook a materia, mas algo me dizia que havia algo de errado. Como sempre, passei a pesquisar e entender o que a materia dizia e descobri o que pode estar por tras desta reportagem. Vamos abrir esta caixa preta?

O Brasil tenta desesperadamente afastar a imagem de que no pais orgaos estao sendo traficados cotidianamente para transplantes ilegais, beneficiando um grupo seleto de medicos e politicos. Infelizmente para o Brasil, o assunto é de conhecimento de paises do 1o mundo. Tanto é que, quando Lalas, ex-jogador da seleçao norte americana, chegou ao Brasil no dia 4 de junho, uma de suas primeiras impressoes publicada pelo twitter foi: "Meus orgaos ainda nao foram roubados". 

Lalas provavelmente teve como base para a sua brincadeira o filme "Turista Go Home", exibido ha alguns anos sobre o assunto. O filme falava em trafico de orgaos no Brasil. Muitos nao sabem que a EMBRATUR tentou por diversas formas impedir a exibiçao deste filme, que diante da realidade brasileira era uma grande piada. 

Dois dias apos a repercurssao do twitter de Lalas, coincidentemente, foi convocada a BBC para anunciar a descoberta de comercio de orgaos dentro de uma instituiçao ligada a uma Universidade. A noticia ganhou a imprensa internacional graças a BBC. Por que a denuncia nao foi publicada na Folha de S.Paulo, ou no Estadao, ou na Veja, ou na Epoca, ou na CartaCapital? Por que a noticia nao foi exibida no Jornal Nacional, ou no Fantastico? 

Diga-se de passagem que, apos o twitter de Lalas, no ultimo domingo o Fantastico exibiu reportagem incentivando a doaçao de orgaos! 

Mas a resposta é simples: Quem plantou a noticia queria que ela fosse divulgada aqui no exterior. E quem teria interesse em mostrar ao mundo que o Brasil nao tem trafico de orgaos? A resposta é mais simples ainda: Os proprios traficantes, e o governo brasileiro.

Mas Paulo, como podem tentar mudar a imagem divulgando uma noticia sobre a descoberta de trafico de orgaos???

Bom, é isto que vou demonstrar agora. Para tanto, vamos analisar a noticia como foi publicada. Antes, algumas consideraçoes.

A venda de partes de cadaveres é mais comum no Brasil do que qualquer outro lugar no mundo. Os estudantes de medicina sao quase que obrigados a comprar partes de cadaveres para fins didaticos, muitas vezes incentivados pela propria universidade de medicina. Tudo isto com o conhecimento das autoridades que acreditam que este comercio é por uma boa causa, assim como acreditam que a venda de orgaos humanos para transplantes tambem salva vidas.

Na CPI do trafico de orgaos que aconteceu em Brasilia/2004, um dos casos discutidos foi sobre a venda de cadaveres pelo IML de Franco da Rocha. Muitos nao sabem, mas o diretor do IML que foi o responsavel por este comercio, respondia tambem pelo homicidio de doadores de orgaos em Taubate, acontecido na decada de 80. Em 13/11/2001, o jornal a Folha de S.Paulo publicou esta reportagem (clique aqui para ler)

Antonio Aurelio de Carvalho Monteiro foi conduzido ao posto de diretor do IML pelo governador de Sao Paulo Geraldo Alckmim, mesmo sendo acusado de assassinato de pacientes em Taubate e venda de orgaos para transplantes. O caso de Taubate foi julgado em 2011, e os medicos foram condenados a 17 anos de prisao, mas jamais foram presos. Nao se tem noticia sobre o andamento deste processo, guardado a 7 chaves para que ninguem possa ter acesso. Antonio Aurelio faleceu antes do caso ir a julgamento, devido a um cancer no pancreas.

Em 2012, a Folha de S. Paulo publicou outra noticia sobre o assunto. Segundo a reportagem, a policia havia encontrado cranios e fetos no jardim da Universidade Sao Marcos em Sao Paulo. Estranhamente, ou naturalmente, o silencio tomou conta e nunca mais o caso foi divulgado. Tudo indica que nao deu em nada. Para ler a reportagem clique aqui

Estes sao apenas dois casos que vazaram a imprensa e que acabaram com plena impunidade. Mas quantos nao acontecem? Por que so agora, a noticia esta ganhando tanto espaço na imprensa internacional?

Eis a revelaçao!

O plano é mostrar ao mundo que ha um engano sobre o tema. O trafico de orgaos que tanto se sabe no exterior, nao é para transplantes e sim para estudos! Confundir a opiniao publica é uma das armas desta mafia que sabe fazer isso com maestria. Ao ler a noticia de que orgaos sao usados para estudos, as pessoas tendem a aceitar com facilidade, afinal sao orgaos de cadaveres e nao de pessoas vivas!

E basta ler a noticia da BBC para saber que esta "grande" denuncia vai acabar em impunidade novamente. Vamos la!

A primeira frase que chama a atençao é esta:
"A promotoria ainda não tem certeza sobre a finalidade da suposta venda de órgãos. Até agora, a investigação aponta que eles seriam vendidos para uso em pesquisas -- e não para transplantes."
TRANSPLANTES SALVO! Obvio! Nao se utiliza orgaos de pessoas mortas, nem mesmo para transplante. Os orgaos precisam ser retirados de pessoas vivas, assim como fizeram com meu filho e mais outros 8 pacientes, e mais centenas de brasileiros, cujas familias nem imaginam isso. 

Ai vem a segunda frase, mais interessante ainda:
"A promotora diz que o Ministério Público ainda não sabe quantos corpos teriam tido partes retiradas dentro do SVO. Também não há provas materiais sobre a venda de órgãos."
Muito bem. A promotoria nao sabe de nada! Nao sabe quantos corpos, e afirma nao ter provas materiais. O que seriam as provas materiais? Recibo de compra e venda? Afinal, o que a materia esta divulgando se nao ha nenhuma certeza de nada?

A proxima frase tambem é bastante interessante:
"Precisamos saber que controle eles têm sobre os órgãos que eles retiram e utilizam. Isso [não divulgar estas informações] interessa a quem?", indaga.
Eu nao entendi a informaçao entre colchetes "nao divulgar estas informaçoes", mas enfim, eu posso ajudar a inteligente promotora. Quer saber que controle eles tem sobre os orgaos? Ora promotora, eu respondo: TODOS. Nao ha fiscalizaçao, nao ha nenhuma instituiçao seria no pais que possa controlar isso, pois o Brasil de hoje é um pais que funciona a base de propina. Pagando uns trocados voce pode comprar orgaos e até sentenças judiciais. Alias, a sra. nao deveria estar fazendo esta pergunta e sim nos mostrando as respostas. Quem recebe mais de 25 mil reais por mes para investigar é a senhora e nao eu. E a PEC 37? Nao foi rejeitada? E a promessa de que a corrupçao acabaria com a rejeiçao desta PEC?

Portanto meus caros leitores, a conclusao que pude alcançar é de que a BBC foi usada para propagar uma materia verdadeira cujo conteudo tem outros objetivos. Basta ver que pedi asilo internacional em um caso que esta em julgamento neste momento, estou vivendo no pais da BBC e a BBC nao publicou uma so linha sobre o assunto. Sera que a venda de cadaveres é mais noticia do que assassinato de crianças para fins de trafico de orgaos?

Como a promotoria ja adiantou, basta aguardar a impunidade. Nao ha prova de nada e nem o numero de cadaveres que podem ter sido vitimas desta quadrilha, que nao foi criada no mes passado, mas atua ha muitos e muitos anos com a conivencia de autoridades. O estado de Sao Paulo é um paraiso macabro de partes humanas. A cidade de Sao Paulo é o Paraguai do comercio de orgaos. 

A ultima noticia que tive acesso é que o Conselho Regional de Medicina vai abrir sindicancia para investigar o assunto. O problema é que o CRM nao tem nada a ver com isso. Isto é um caso de segurança publica. Mas estou bastante ansioso para ver o resultado desta sindicancia. Sera uma festa!

Tanto barulho por nada! So para confundir a opiniao publica.

O Brasil jamais sera destaque na medicina mundial, pois esta servindo a propositos nazistas e comerciais. Nao ha estudos serios na area da saude e quando eles existem sao boicotados. O pais descobriu que é mais facil ganhar dinheiro transformando a medicina em açougue. O Brasil jamais foi premiado com um Nobel sequer. Quem sabe nao criam um Nobel da corrupçao ou da canalhice?

Se voce se interessa pelo assunto venda de cadaveres de pessoas "desconhecidas", veja o documentario abaixo e entenda como os paises serios trabalham com indigentes evitando qualquer possibilidade de comercio. Infelizmente esta em Ingles.


O Brasil nunca sera assim. Nao ha respeito pelo vivos, quem dira pelos mortos.

4 comentários:

  1. Tudo essa celeuma envolvendo a "matéria" da BBC se resume em uma palavra: DESINFORMAÇÃO. Tática bem conhecida usada em países totalitários (como o Brasil, em breve) para ludibriar os leitores.

    ResponderExcluir
  2. Paulo já que vc tbm falou da matéria exibida este domingo no Fantástico,vou comentar o que mais me impressionou,a imprensa mostrou a maior prova do comércio de órgãos,quando um secretário disse que o sigilo sobre as pessoas receptoras dos órgãos se dá para não ESTENDER O LUTO da família dos doadores,olha só a canalhice???Se não existe tráfico,basta que seja obrigatório que as famílias se conheçam(doadores e receptores)e mais ainda representantes de ambos no ato cirúrgico,porque isso não pode acontecer???Porque EXISTE VENDA de órgãos.No Brasil a vida do povo não vale um real,para construção e reforma dos estádios para a copa foram desapropriadas mais de 170.000 pessoas as quais muitas devem estar morando embaixo da ponte,VERGONHA NACIONAL!!!Abs Cintia(Belém-PA)

    ResponderExcluir
  3. É só ativar a legenda, vai aparecer em inglês, fica mais fácil de entender lendo, dá para ir pausando e até copiando as falas no tradutor, ou transcrever todos e traduzir no conjunto. Dá trabalho, mas para quem não domina o inglês falado ajuda, incluindo pessoas surdas podem ler as legendas

    ResponderExcluir
  4. paulo, ativei as legendas que aparecem em inglês, depois ativei a tradução, escolhi português no menu e dei ok. para quem não sabe, é no lado inferior direito do vídeo, onde tem o reloginho ver mais tarde, ao lado tem um retangulozinho onde passando o mouse se lê legenda oculta. É só ir lendo ali e ativando legenda e depois tradução.

    ResponderExcluir