Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Meu batizado em Londres

Ontem fui batizado. Após 6 anos de europa, fui assaltado pela primeira vez, e decidi compartilhar esta experiência. No Brasil fui assaltado várias vezes, mas de uma forma muito mais violenta. Aqui, o assalto foi tranquilo. Quase uma ação entre amigos.

Fui abordado por volta das 20:30h em uma rua próxima do bairro em que moro. Os assaltantes eram jovens, negros, e mais alto do que eu certamente. Com uma faca de cozinha (esta é a arma utilizada por aqui), obrigaram-me a entregar meus pertences, e depois que eu entreguei, sairam correndo. Havia um off license na esquina (uma espécie de mercadinho que existe por aqui), e decidi pedir ajuda. Ao entrar neste estabelecimento, os donos, um casal de indianos, pediram para que eu me retirasse pois eles estavam fechando naquele momento. Contei a eles rapidamente que fui assaltado, mas não adiantou. Disseram-me para sair e fecharam as portas. Imediatamente eu peguei o celular e chamei a polícia. Eles não levaram o celular pois o mesmo pode ser rastreado pelas autoridades num piscar de olhos. 

O mais incrível é que eu estava a 2 minutos de uma delegacia de polícia e portanto a viatura chegou após 5 minutos do meu telefonema. O policial que me atendeu pediu para que eu entrasse no carro e ajudasse no reconhecimento dos assaltantes, caso fossem localizados. 

Eu decidi escrever este texto, para demonstrar a diferença de Londres em relação a São Paulo. Vale lembrar que os assaltantes levaram coisas que juntas poderiam custar 30 libras (120 reais).  

Após entrar no carro, o policial acionou reforço e mais 4 viaturas foram disponibilizadas. No carro um computador de bordo mostrava o mapa da região e indicava um raio de probabilidade de fuga, ou seja, estimava que os assaltantes a pé não conseguiriam ultrapassar aqueles limites. Iniciou-se a busca. Após 10 minutos, os 3 foram localizados andando normalmente. Eu avisei o policial que eram eles e a abordagem teve início. A viatura foi estacionada, e estavamos em 4 pessoas. Eu e mais 3 policiais. Eles deixaram o carro e eu fiquei trancado. A polícia em Londres não utiliza armas de fogo. 

A polícia deu voz de prisão. Um deles ficou imóvel e rapidamente foi algemado. Os outros dois correram. As outras viaturas cercaram as ruas da proximidade e um dos assaltantes foi pego logo em seguida. O último entrou no quintal de uma casa e ficou escondido por lá. A polícia entou acionou o helicóptero que passou a monitorar a área e com a câmera infravermelho, não demorou para localizar o 3o.

Após os 3 serem presos, foram levados para uma outra delegacia para que não cruzassem comigo. Quando fui assaltado eu estava de moto e usando capacete, portanto não viram o meu rosto.

Fiquei até as 2 horas da manhã prestando depoimento. Eu precisei descrever inclusive as ações dos policiais para que a central tivesse certeza de que nenhum abuso foi praticado. Fui informado que as câmeras de segurança (CCTV) estavam sendo analisadas para ajudar na formação de provas, e foi então que relatei o que aconteceu no off license. Eles certamente iriam ver que eu entrei naquele local e tudo o que aconteceu em seguida. Em todo o momento, apesar de terem sido presos com os meus pertences, os assaltantes eram tratados como suspeitos. 

Fui pra casa e comecei a pensar: Até que as investigações sejam concluídas vai levar alguns meses. Depois tem a denúncia à justiça que deve levar mais alguns outros meses. Dentro de um ano vou ver o resultado e poder ter um parâmetro sobre a eficiência da justiça inglesa.

Muito bem! No dia seguinte toca o meu telefone e era a polícia. Eles queriam ver a moto para saber se havia alguma impressão digital. Informei que eles não colocaram as mãos na moto, mas que estava disponível para quando quisessem. Em poucos minutos chegou uma equipe de peritos e fizeram várias análises e logo em seguida foram embora. 

Já no outro dia pela manhã, recebo uma nova ligação. Era a polícia novamente, informando que os 3 rapazes tinham 17 anos, eram moradores da região, e foram levados à corte (tribunal) naquela manhã. Os indícios apresentados pela polícia convenceram a justiça a iniciar um processo judicial contra eles, que serão mantidos presos. Na Inglaterra uma pessoa pode ficar sob custódia da polícia (preso) a partir dos 10 anos de idade. Com a aceitação da acusação, os rapazes deixaram de ser suspeitos e passaram a ser acusados. O julgamento acontecerá dentro de 10 dias e eles podem pegar uma pena de 2 a 4 anos por terem utilizado uma faca como arma. A polícia ainda ofereceu ajuda e proteção caso eu sentisse necessidade. 

A polícia informou também que levará o casal de indianos, proprietários do off license, à corte, sob a acusação de omissão. Na Inglaterra, se você se omite ou nega ajuda, diante de um crime ou acidente, você pode responder por isso pois há o conceito de comunidade. Todos devem se ajudar e ser solidários. 

É! Eu estava completamente equivocado em relação à justiça inglesa, quando estimei um ano de espera. Aqui, as coisas são mesmo diferentes. 


Um comentário:

  1. Paulo, trabalho a 5 anos com menores infratores.Se esse seu assalto fosse aqui no Brasil, vc poderia não estar vivo para contar a história.Aqui, esses menores são extremamente frios e mesmo levando os pertences, ainda matam a vítima pelo simples prazer de vê-la cair morta.Que bom vc ter saído desse país de merda que é o Brasil e estar realmente protegido num país de primeiro mundo!Abs Cintia(Belém-PA)

    ResponderExcluir