Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

segunda-feira, 2 de março de 2015

Aplicando a teoria de MITO dos médicos transplantistas

Vou fazer hoje uma reflexão sofre a teoria do MITO criada pelos transplantistas, e espero que vocês pensem a respeito.

Segundo os transplantistas Tráfico de Órgãos não existe. É uma operação muito complexa para que pudesse acontecer. Para que houvesse tráfico de órgãos seria preciso muito gente envolvida o que seria impossível.

Pois bem!

Aplicando a teoria em outras áreas, o Brasil seria um país de primeiro mundo.

Para que o mensalão tivesse existido, precisaria o envolvimento de dezenas de parlamentares, bancos, empresas privadas, agentes públicos, autoridades de todos os tipos, pois seria uma operação ousada por parte de um grupo de pessoas. Se a teoria transplantista estiver correta, o mensalão não aconteceu.

Para que o tráfico de drogas prosperasse, precisaria o envolvimento de muita gente, incluindo magistrados, promotores e policiais, pois não seria possível entrar com drogas no Brasil já que muita gente precisaria ficar de bico calado, ou receber uma propina para que os traficantes pudessem vender suas mercadorias sem serem interrompidos. Se a teoria transplantista estiver correta, não há tráfico de drogas no país. Trata-se de uma operação que envolve traficantes de outros países e seria impossível acontecer no Brasil. No Brasil, segundo a teoria dos transplantistas, não existe tráfico de órgãos.

Mafia das proteses, recentemente revelada, também é mito! Não existe pois haveria a necessidade de empresas, hospitais, administradores, médicos e até mesmo pacientes para que o sistema fosse fraudado. 

Aborto clandestino. Impossível! Já imaginou como poderia acontecer isto? Médicos, enfermeiras, clínicas particulares, todos teriam de ser coniventes entre si, em um pacto de silêncio para que ninguém soubesse do esquema. Em silêncio, como os clientes saberiam onde abortar? Precisaria haver um grupo recrutando clientes na clandestinidade e isto não seria possível. 

Desvio de merenda escolar. Ora... isto é mito! Para deixar crianças com fome e desviar o dinheiro da merenda, seria necessário o silêncio do Ministério Público, da polícia e de autoridades municipais. Quase toda uma secretaria envolvida precisaria ficar em silêncio. Um grande pacto entre os envolvidos. Não há desvio de merendas em qualquer canto do país.

Há milhares de exemplos que poderia citar na tentativa de validar a teoria do Mito, mas todas elas apresentam falhas, e por isso, vou citar um último exemplo:

Para que um país inteiro sofresse com a falta de educação, segurança pública e saúde seria preciso o silêncio e consequentemente a conivência de milhôes de pessoas que aceitariam tudo sem sequer resmungar nas redes sociais.

Por sorte, isto não acontece, graças a teoria do Mito transplantista.


Nenhum comentário:

Postar um comentário