Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um país de filhos da puta

É isso que é o Brasil. Um país de filhos da puta.

São vários. De promotores, passando por desembargadores, delegados e até políticos. Médicos traficantes de órgãos protegidos por autoridades. Tem filho da puta que não acaba mais.

Hoje faz 17 anos que Paulinho foi assassinado. O chefe da quadrilha é o filho da puta Carlos Eduardo Venturelli Mosconi, que deveria estar morto há muito tempo. Mas ao invéz disso, está roubando dinheiro público no cargo de secretário da saúde de Poços de Caldas. Chefe da máfia, está sendo protegido pelos promotores da cidade, que levam a sua parcela de grana, assim como os membros do judiciário. Todos pertencem a um bando de filhos da puta.

Não quero aqui denegrir a imagem das putas. Elas não merecem ser comparadas com esta gentinha. Mas é o que o povo entende.

É possível que a delegacia do Cyber Crimes (bonito nome para um bando de idiotas úteis), esteja neste momento recolhendo dados e informações sobre mim. Era só me mandar um e-mail e eu enviaria tudo, até cópia deste blog se quisessem, mas eles sequer atendem ao telefone. Propina, só pessoalmente. 

Quando fui ameaçado diversas vezes pela internet, o Ministério Público disse que não era problema dele. O tal do Cyber Crimes nem se mobilizou. Mas quando escrevo qualquer coisa, há um bando de desocupados filhos da puta que se metem a investigar! Ohh como eu tenho medo!!

ohhhh.. Vocês viram o que o Pavesi escreveu?? Que absurdo!! Só porque mataram 12 pessoas e abafaram tudo. É um desequilibrado! 

A única coisa que não conseguiram tirar de mim é o direito a dizer o que penso. É um direito humano. E abuso dele como bem eu quiser. Este direito, por exemplo, me permite chamar filho da puta de filho da puta. Assassino de assassino. Covarde de covarde.

A vingança é um prato que se come gelado. 

Assassinos do meu filho - direta e indiretamente.

Carlos Eduardo Venturelli Mosconi
Celso Roberto Frasson Scafi
Claudio Rogério Carneiro Fernandes
Sérgio Poli Gaspar
Alvaro Ianhez
Jeferson André Skulski
José Luis Gomes da Silva
José Luis Bonfitto

Ministério Público de Poços de Caldas
Ministério Público Federal de Minas Gerais.
Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
Desembargador Flavio Batista Leite - 500 mil por uma anulação de sentença
Desembargadora Karin Emmerich - vagabunda de primeira linha
Desembargador Wanderley Paiva
Procurador Federal José Jairo Gomes - capacho de Mosconi
Procurador Federal Adailton Ramos do Nascimento - testemunha de defesa dos assassinos em troca de cargo
Delegado da polícia federal Celio Jacinto dos Santos - beneficios em troca de cargo
Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) - traficantes de órgãos declarados

Parabéns neste dia para todos estes filhos da puta. Vocês conseguiram abafar a morte de 12 pessoas incluindo uma criança, para proteger Carlos Eduardo Venturelli Mosconi, que hoje está desviando dinheiro da saúde, com a ajuda de vocês.


Um comentário:

  1. Entre outros, pois não?
    Realmente deplorável que essa gente esteja em liberdade, como se nada tivesse acontecido.
    Vergonha alheia.
    Foça sempre, Paulo.

    ResponderExcluir