Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Transplante salva!

Voce ja deve ter lido em algum jornal ou até mesmo pela internet, casos de pessoas que procuram atendimento de emergencia e descobrem que os hospitais estao lotados, sem vagas em UTI e na grande maioria das vezes - sem medico.  A familia precisa peregrinar por diversos hospitais até encontrar atendimento, o que cada dia tem se tornado mais raro. 

Diversos videos pelo youTube mostram casos como o citado acima. Pessoas morrendo nas portas dos hospitais, sem a chance de um atendimento digno e adequado. Muitas vezes (senao todas) nao ha sequer uma ambulancia para levar o paciente para outro hospital a procura de uma vaga. O transporte deve ocorrer por conta propria do paciente, muitas vezes utilizando onibus lotados.

Recentemente uma noticia veiculada pela internet aponta que mais de 6.000 orgaos para transplantes foram transportados por vias aerea e terrestre. Pela via aerea, empresas como a TAM sao lideres nestes transportes. Fazem de coraçao e nao cobram nada! Pela via terrestre, quem faz o transporte é a policia militar, civil ou até mesmo a policia rodoviaria federal. Basta um telefonema e uma viatura estara disponivel para levar um rim para qualquer parte, escoltado. 

Mas se voce precisar de transporte para achar um hospital, e decidir ligar para a policia, voce nao sera atendido. Recentemente em Sao Paulo, a policia foi proibida de socorrer pessoas em confronto nas ruas. Mas se um rim saltar, talvez eles possam leva-lo para salvar alguem. 

Aquele que procura atendimento em um hospital publico é visto como um encargo. Um peso para as contas do estado. Os medicos nao ganham quase nada atendendo este paciente. Ja um rim, permite um faturamento extraordinario. So o implante pode render mais de 30 mil reais.

Transplante salva! o bolso dos medicos. 


Um comentário:

  1. Ponto1:
    Transplante salva mesmo, Paulo, e dinheiro mais ainda. O Fabio Barreto, o cineasta do filme sobre o Lula, sofreu um grave acidente de carro e ficou em coma por 5 anos. Mas como rico não é abordado para doar órgãos, ele foi sendo mantido com tudo de melhor que a medicina pode oferecer e custa caro, incluindo EEUU. O mesmo se deu com o filho do cantor Leonardo. Ninguém ficou sabendo de a família foi sondada par doar órgãos no estado em que ele chegou a SP, lembrando que os médicos lá de onde ocorreu o acidente não garantiram que ele sobrevivesse ao translado mesmo em avião UTI de ponta! Está nas manchetes o caso do Barreto que, finalmente, segundo a mãe dele, o cara está dando sinais e está ''mais vivo'' do que nunca. Se fosse pobre, teriam dado alguma droga para forjar uma morte cerebral e retiado os órgãos.

    Ponto2:

    O Roger estuprador, já devidamente cassado e tratado como ex-médico, não tem como escapar das acusações. Não foi "só" (?) estupro. Foi de tudo, sonegação e principalmente manipulação genética com os embriões. Uma caso que já saiu agora a condenação contra ele de 500 mil foi a troca de sêmen de um dos casos de clientes. No contrato estava explicitado que o casal usaria material deles próprios, não de terceiros. Acontece queos dois filhos gêmeos, agora com 20 anos, depois que souberam da coisa toda, entraram com processo e provas de DNA, comprovando que o sêmen usado não era do pai que os criou. Achei a indenização baixa pelo tamanho do dano, afinal foram 20 anos, uma vida inteira de, pelo menos o pai ser enganado e ainda pagou para isso. Ninguém sabe de quem era o sêmem utilizado no lugar. Há dezenas de outros casos iguais correndo. A julgar pela extrema rapidez com que fizeram os DNAs dos acidentados do avião do Eduardo Campos, não seria nada demorado pedir DNA de todos os bebês gerados na clínca do Roger, pelo menos dos que não eram para ser gerados de terceiros, fossem óvulos ou sêmen. Está sendo acusado também de não dizer o fim que deu para vários embriões, se foram implantados ou não, se foram implantados por já estarem disponíveis em vez de gerar novos do material genético dos pais, se foram usados em experiências com animais contrariando normas ''éticas", etc. A coisa vai longe. Preso, preso não fica, por conta da idade. Já passou dos 70 e a lei é generosa com canalhas que envelhecem tanto quanto com menores bandidos. Mas, pelo menos, já é "ex-médico'' e não tenho mais visto celebridades que foram clientes dele defendendo-o. Talvez até já tenham feito DNA por conta própria para ter certeza sobre os filhos que tiveram. O caso vai render ainda. Preso, não fica! A não ser em regime domiciliar.

    ResponderExcluir