Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Extirpar orgaos de pessoas vivas é menos grave do que cortar um pinto.

Este anjo ao lado, é a medica Myrian Priscila de Rezende Castro. Como todo medico, ela parece um anjo nao é mesmo? 

Priscila foi deixada pelo noivo 3 dias antes do casamento, e indignada, mandou lhe cortar o pinto. A imprensa tem usado a palavra "penis". Fica mais bonitinho. 

Ela nao cortou o pinto do ex-noivo com as proprias maos. Ela e seu pai, tambem medico, terceirizaram o serviço.

Pela aventura, Priscila foi condenada a 6 anos de prisao em regime fechado. Foragida (medicos costumam fugir quando cometem crimes), foi capturada no interior de Sao Paulo, onde vivia uma vida rica e cheia de mordomias.

Trata-se de uma medica idiota por natureza. Posso perceber, sem conhece-la, que a dra. nao lia os jornais. Se le-se saberia que seria muito mais facil extirpar os orgaos do ex-noivo quando ainda estava vivo e vende-los. Alem de ganhar uma graninha, sairia impune.

Vamos aos exemplos: Em Poços de Caldas, um grupo de medicos juntou-se formando uma mafia organizada para exterminar pacientes e lucrar com a venda dos orgaos. Inicialmente, um deles chegou a ser condenado a 11 anos de prisao pela morte de um pedreiro da regiao. 

O tribunal de Minas reconheceu que o crime existiu, mas achou por bem diminuir a pena para 5 anos de reclusao para todos os envolvidos. Afinal, matar para vender orgaos é aceitavel. O que o tribunal de Minas Gerais nao aceita, é mexer no pinto dos outros!

A gang de Poços de Caldas, cumpriria a pena em regime semi-aberto. Mosconi ja esta providenciando reformas na cadeia de Poços de Caldas para dar mais conforto aos presos. No entanto, tudo indica que nem mesmo isso acontecera. Esta em movimento neste exato momento uma força tarefa para anular o processo.

Priscila cumprira a pena em regime fechado. Mas, como o processo esta no tribunal de Justiça de Minas Gerais, tudo pode mudar, e o noivo ser preso no lugar da medica. Nunca se sabe o resultado de uma justiça que esta acostumada a negociar sentenças nao é mesmo?

A medica psicopata colecionadora de pintos deveria ler mais jornais. Hoje sua pena estaria reduzida a mais da metade e estaria em sua rica e abastada vida ao lado da piscina, comemorando como tantos outros estao fazendo neste momento.  

Fica a dica: Medicos de Minas Gerais, em caso de erro medico, assassinato ou qualquer outra merda que fizer, diga que foi para trafico de orgaos. O CRM-MG vai te defender, os jornais ficarao calados, e o tribunal vai te absolver por uma boa causa. Mas lembre-se de deixar uma boa quantia de dolares reservado. 

Um comentário:

  1. Paulo pra mim essa médica psicopata é muito da sua espertinha,cometeu esse crime no país campeão em impunidade(não precisa nem esperar as olimpídas para ganhar medalha de ouro),país onde só os ladrões de galinha ou cuecas são punidos,além disso ela é ré primária etc etc e ainda estava exercendo a medicina no interior paulista,se não fosse tão sério jurava que era uma pegadinha,abs Cintia(Belém-PA)

    ResponderExcluir