Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

domingo, 24 de maio de 2015

Luis Nassif está precisando de sua ajuda.

Nassif, aquele sujeito de Poços de Caldas, que acende uma vela para o demônio e ao mesmo tempo para Jesus, está precisando de sua ajuda. Há alguns anos ele recebeu uma bolada do BNDES para financiar seus negócios, quando foi demitido da Folha de S.Paulo. Agora, Nassif anunciou que está sendo "perseguido" com ações na justiça, que cerceam a sua liberdade de expressão.

Um pouco de história

Em 2001, Nassif usou sua coluna de economia para defender os assassinos do meu filho. Na época estava em discussão apenas a cobrança indevida de um procedimento de transplante, que pela lei brasileira é totalmente gratuito. Nassif emprestou seu nominho para dar peso a uma história que viria se revelar ainda mais terrível: o assassinato de pacientes doadores de órgãos. 

O pseudo jornalista, alegava que a família juntamente com o programa Fantástico estava promovendo o sensacionalismo. O texto de Nassif sobre o assunto foi imortalizado em um de seus livrinhos. Neste mesma época eu respondia a mais de 8 processos por dizer a verdade. A máfia zombava de mim! Diziam para todos: "Ele (o Pavesi) é o bandido. Veja quantos processos ele tem. Os médicos são inocentes!" e riam. Riam muito.

Eu não tinha dinheiro para me defender e os processos eram espalhados em estados diferentes. Tudo para dificultar a minha defesa. No entanto, compareci em todas as audiências  e sempre respondi a mesma frase: "Disse tudo o que está ai, e repito!". E eles riam.

Agora Nassif está sofrendo com alguns processos e parece que a bolada do BNDES acabou. Os seus leitores fiéis estão sugerindo arrecadar dinheiro para que ele possa se defender das acusações que sofre. Coitadinho. Fiquei com muita dó. Ele diz estar sendo sufocado financeiramente com estes processos. 

Durante os processos que sofri, Nassif encontrava-se com Mosconi (chefe da máfia que matou meu filho, e assessor especial de Aécio Neves), para tomar um cafézinho e discutir política. A noite escrevia contra mim. Uma imparcialidade incrível. 

Certa vez tentei entregar-lhe algumas provas e ele se negou a recebê-las, dizendo que já tinha a sua opinião formada. Um jornalista com opinião formada que não escuta os dois lados? 

Ajudem o pobre Nassif! Doem qualquer quantia. Ele precisa de você.

Onde estão os transplantistas deste país, de alma pura e de bom coração, que foram ajudados por Nassif? Será que não é hora de vocês ajudá-lo. Por favor!! Ajudem!! Doar é um dom sagrado não é mesmo? Vamos lá pessoal. Qualquer moedinha....

Se vocês não doarem, ele pode deixar de escrever contra mim.

Força Nassif! Isto é mais um caso semelhante a escola de base.

5 comentários:

  1. Olá, paz boa noite, sabe de uns dias pra cá, to querendo me informar mais sobre esse crime que tanto assombra nosso Brasil, nas ocultas, queria muito ler seu livro, queria te-lo fisicamente, como faço pra ter?? ele vende em alguma editora?? ou foi sensurado??

    ResponderExcluir
  2. Amigo, o Nassif é cara do "jornalismo" que temos neste país. Por vezes nossa imprensa é pior que nossos políticos!

    ResponderExcluir
  3. Chora, Nassif, Chora, no colo de D. Moscona.

    ResponderExcluir
  4. escola de base , escola de base, escola de base. Cana neles!

    ResponderExcluir
  5. Já devorei vários de seus posts e agradeço por vc compartilhar sua história e as histórias desses "Brasis". O problema deste país são as pessoas. O mal vence o bem em grande parte de seus embates.

    Espero q os sujeitos envolvidos nas tramóias da "saúde" encontrem logo seu destino.

    ResponderExcluir