Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Prostíbulo

Não dá para lutar por justiça em um país em que réus são convidados de honra da Suprema Corte do País. Poderiam ter chamado Fernandinho Beira-mar, mas acho que ele não se misturaria com esta gente.

Porém, em breve, o STF deve confirmar a prisão em 2a instância. Isso é uma boa notícia.

Um comentário:

  1. Boa noite Paulo,

    O ponte forte de sua luta é que você mostra o tempo todo para essas canalhas mafiosos que jamais irá desistir do combate e ao menos consegue constranger com a VERDADE DOS FATOS, esses brasileiros inescrupulosos.

    Acompanho sua luta e faço questão de divulgá-la ao maior e mais diversificado público de pessoas nesse País que mafiosos tomaram de assalto, até mesmo porque já vivi e ainda vivo situações de injustiças e aberrações jurídicas sem precedentes.

    A novidade é que a ÚNICA, isso mesmo, a esperta financeira ÚNICA médica psiquiatra do HOSPITAL MILITAR DE ÁREA DO RECIFE (HMAR), a agora TENENTE-CORONEL ÂNGELA TAVARES BEZERRA (CRM 9390), em conluio com outro desvirtuado da medicina brasileira, o CAPITÃO DE FRAGATA CARLOS ANDRÉ NEDER ROURE (CRM ), forjaram laudos/dignósticos/pareceres para atribuírem à minha pessoa a condição de PORTADOR DE PERSONALIDADE PARANÓIDE (CID: F60.0), armando a situação de: INCAPAZ DEFINITIVAMENTE PARA O SERVIÇO DO EXÉRCITO. NÃO É INVÁLIDO.

    Com essa CANALHICE SEM TAMANHO, querem me transferir para a REFORMA (APOSENTADORIA) COM PROVENTOS PROPORCIONAIS AO MEU TEMPO DE SERVIÇO NO EXÉRCITO (CERCA DE 20 ANOS) e para isso, estão contando com a colaboração do TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1 REGIÃO EM BRASÍLIA, que já havia alterado o assunto de minha ação ordinária, engavetada desde março de 2011, de ANULAÇÃO DE ATO ADMINISTRATIVO para TRANSFERÊNCIA A RESERVA.

    O Comandante do 14 Batalhão Logístico, local em que estou lotado, o CORONEL LUCIANO DE ARAÚJO GÓES ASSIS, juntamente com outros oficiais e alguns sargentos sabujos, estão negando o meu acesso e ciência legal a documentos de meu interesse, para prejudicar o embasamento de meu recurso administrativo contra a SAFADEZA DOS CITADOS MÉRDICOS PSIQUIATRAS.

    Por isso, que faço questão de acompanhar e divulgar seus contundentes artigos contra toda as VAGABUNDAGENS que ocorrem dentro das instituições públicas brasileiras.

    Essa Psiquiatra do HOSPITAL MILITAR DE ÁREA DO RECIFE (HMAR) já está acostumada a cometer essas e outras ilegalidades contra diversos praças, sobretudo SUBTENENTES E SARGENTOS, que dependendo do que convém a COMANDANTES DE QUARTÉIS COVARDES E ARBITRÁRIOS, o militar é diagnóstico como alienado mental ou não.

    O ministério público militar aqui em Recife-PE, sabe de tudo e nada faz, pois ela é blindada, inclusive vive safando a onça de oficiais ladrões do erário público ou que estupram com violência mulheres indefesas.

    ResponderExcluir