Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quarta-feira, 21 de maio de 2014

CRM-MG: Medicos mafiosos estao desafiando a justiça

O CRM novamente publicou nota defendendo a inocencia dos medicos condenados em Poços de Caldas. A livre manifestaçao em um estado de direito democratico é saudavel. Mas quando uma entidade como o CRM, afronta uma sentença judicial, a situaçao fica um pouco estranha. Ja foram publicadas diversas notas em varios veiculos de comunicaçao. A ultima delas, publicada ontem, parece ser uma resposta a manifestaçao da justiça. Eles estao dizendo a justiça, que quem manda sao eles. A ultima palavras é da mafia.

A justiça parece aceitar sem muita resistencia. Basta lembrarmos que a justiça concedeu habeas corpus alegando que os medicos nao perturbariam a ordem publica. Mas ao contrario do que estamos vendo, o CRM esta criando enorme confusao na opiniao publica, sem sequer exibir as provas da inocencia dos assassinos. Provas que dizem ter, mas nao existem, e por isso nao sao exibidas.

Sim! Em outras palavras, estamos falando de um CRM-MG que esta mais parecido a organizaçao criminosa. Sao 42 medicos que estao expondo seus nomes em defesa de assassinos e traficantes de orgaos, praticando um estelionato judicial. Imagino quanto dinheiro esta mafia nao movimenta matando pacientes e vendendo orgaos, para tamanha defesa. Todos devem ter a sua mesada em dia.  

A minha sugestao é que alterem o logo da organizaçao.

Que tal este?

Sendo assim, nesta semana, fiz a minha parte. Estou acusando formalmente os 42 conselheiros e o presidente desta organizaçao de fazerem parte da mafia do trafico de orgaos. Agora vamos esperar qual a atitude do Ministerio Publico e da Justiça. Se acatada a minha denuncia, o CRM devera apresentar as provas da inocencia em breve.

Estamos ansiosos para ve-las!

Nenhum comentário:

Postar um comentário