Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Juiz Rocha Matos foi preso

O Juiz Rocha Matos conhecido por vender sentenças, foi preso após decisão do Supremo Tribunal Federal que reconheceu que oréu condenado em 2a instância pode ir para a cadeia e começar a cumprir a pena.

Em Poços de Caldas, os médicos Alexandre Crispino Zincone, Cláudio Rogério Carneiro Fernandes, Celso Roberto Frasson Scafi e João Alberto Goes Brandão deveriam ser presos imediatamente. Mas graças a um acordo no valor de R$ 500 mil reais, eles permanecem soltos. 

O acordo previa a anulação de uma sentença de 1a instância do caso Paulinho, a garantia de liberdade sem medidas cautelares e proteção contra novas prisões. Os processos encontram-se paralisados e a máfia de tráfico de órgãos continua trabalhando.

Em fevereiro de 2016, quando o STF já havia tomado esta decisão, os médicos Claudio Rogerio Carneiro Fernandes e Celso Roberto Frasson Scafi foram presos. Os demais médicos foram informados pelo próprio fórum da cidade e foragiram. Em seguida e rapidamente, o desembargador Julio Cézar Gutierrez determinou o relaxamento da prisão.

Os médicos são acusados e já condenados por alguns homicídios, inclusive em 2a instância. Mas o Tribunal de Justiça de Minas Gerais se negam a levar os processos adiante, após a negociação dos 500 mil reais.

Ao que tudo indica, a determinação do STF serve somente para réus pobres. O Brasil continua na mesma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário