Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Esta vida é uma droga mesmo náo é candidato Aécio?

O candidato do PSDB a Presidência da República Aécio Neves lançou um ataque inesperado - pelo menos por mim - a atual presidente da República. Aécio afirmou que a Presidente está "propondo diálogo com uma organização criminosa que decapita pessoas". Devo confessar que também não acho um caminho muito correto, o diálogo com estas organizações decaptadoras. Para ser honesto, não vejo com bons olhos o diálogo com nenhuma organização criminosa.  

Mas caro Aécio Neves. Acredite! Há coisas piores do que isso. O seu ex-assessor especial Carlos Mosconi criou e ainda comanda um grupo de médicos ligados aos seu partido - e que o senhor conhece muito bem - uma organização criminosa que retirava órgãos de pacientes vivos, inclusive crianças, como é o caso do meu filho. Um dos médicos que já foi condenado e é sócio de Mosconi, chegou a disputar eleição - veja só - pelo PSDB!

Eles se utilizaram de hospital público para cometer tais crimes, tanto que estão proibídos de entrarem na Santa Casa. Por segurança né candidato? E tudo isto ocorria dentro do governo FHC com o apoio do Ministro José Serra depois de ser chantageado em plenário. Ah.. e mais. O Ministerio da Saúde financiava o esquema pagando religiosamente em dia, os procedimentos a uma central de transplantes que o próprio Ministerio considerou clandestina. 

Jornal O Estado de Minas
Sábado - 6 de Setembro de 2003
O senhor conhece bem esta história, pois em 2003 deu a Carlos Mosconi a Superintendencia de toda a rede hospitalar de Minas Gerais, e Mosconi, em seu primeiro ato, centralizou todo o controle dos transplantes de Minas Gerais na FHEMIG. Em seguida, um grande escândalo estourou envolvendo a fraude de transplantes renais (especialidade do Mosconi, tanto os transplantes renais quanto as fraudes). Ficou comprovado que exames eram burlados para excluir as pessoas que estavam na fila oficial a espera de um rim, beneficiando outros que sequer estavam na fila. E o caso, ahahahahahahahahaha, não deu em nada, já que o senhor comanda as autoridades mineiras. E para ser honesto, sequer houve o diálogo. Quem tentava dialogar sobre as retiradas de órgãos de pacientes vivos era calado, ou morto. O administrador do hospital da Santa Casa não me deixe mentir. Foi executado á tiros! Mas também não deu em nada. Ahahahahahahaahahahahahahah.

Neste sentido, meu caro candidato, não vejo muito diferença em querer dialogar com decaptadores e proteger e dar apoio a quem retira órgaos de pacientes vivos, inclusive crianças. Aliás, há uma diferença sim. O diálogo não mata, mas retirar órgaos de pacientes vivos sim. 

São 15 anos que espero um julgamento e nada acontece candidato. Enquanto o senhor está muito preocupado com o diálogo da presidente com os decaptadores do outro lado do mundo, esta quadrilha continua impune aí mesmo, em Minas Gerais. Mosconi está tentando se eleger como deputado federal para acompanhá-lo na salvação do Brasil, que o senhor está propondo.

Eu gostaria só de fazer uma perguntinha:

Se a presidente prometer não mais dialogar com os decaptadores, vocês prometem que não vão mais retirar órgaos de pacientes vivos?

Caro Aécio, eu entendo que tudo isto não é fácil. Antigamente dava para esconder de todos certas coisas. Com a internet fica cada vez mais difícil né? Esta vida é mesmo uma droga! Que mundo é este que vivemos? Pessoas querendo dialogar com decaptadores e outras retirando órgãos de pessoas vivas, fraudando internações no SUS, fraudando licitações e sonegando impostos. 

Como dizia FHC: Assim não dá, assim não pode, 

PS1. Peço para o senhor que não me processe ou tente retirar este humilde blog do ar. Até porque, tudo o que disse acima tem documento que comprove. Além disso, como testemunha de acusação, a carta rogatória demorou quase um anos para chegar aqui. Será que como acusado a carta vem mais rápido? Faço o apelo da Presidente: Vamos dialogar certo? Tem muitas historinhas que ainda podemos trazer a público. Ou será que o senhor gostaria de me ver decaptado?

PS2. O senhor já tem uma previsão de quando vai soltar MARCO CARONE, o jornalista preso por veicular em Minas Gerais certa podridão da política mineira?  Entendo que o diálogo pode não trazer resultados, mas deixa-lo morrer na cadeia também não resolverá a questão. Vão decaptá-lo? Para a quadrilha de Poços de Caldas, decapta-lo seria um desperdício dos órgãos, candidato.

PS3. Desculpe-me pelos ahahahahahahaahhahahhhaa que inseri no texto. Como a quadrilha de Mosconi espalhou por ai, eu tenho certos problemas mentais. Os risos escapam em momentos em que eu deveria ser sério, mas diante de tudo é praticamente impossível não rir. 

5 comentários:

  1. A carreirinha do Aecim vai continuar no congresso ou será que em Ipanema/Leblon?

    ResponderExcluir
  2. Amigo Pavesi
    vi toda sua luta contra a Wikipedia, e imaginar que eu tinha aquela página como de boa índole. Estive olhando agora há pouco, eles tem uma página que abrem para discussões, e muitas vezes eles são grosseiros com as pessoas, falam que certas não tem importância etc.
    Mesmo assim, enviei uma solicitação de desbloqueio para o verbete do Caso PP que vc tentou criar. Olha aí o início da minha discussão com o administrador:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:Pedidos/Desprote%C3%A7%C3%A3o#Desbloquear_p.C3.A1gina_.27Caso_Paulinho_Pavesi.27
    Me avisa por e-mail se eles responderem.
    Creio que vc jé tem meu e-mail, amigo. Estamos juntos nesta luta até o fim, até o último dia de nossas vidas.

    ResponderExcluir
  3. Ola Jorge. Obrigado pela atenção e consideração com a história de Paulinho. A verdade é que o Wikipédia já estava de sobreaviso de que poderíamos tentar qualquer inserção destes dados. Tanto que foi quase imediato. Tão logo comecei escrever fui bloqueado. Deve haver alertas que são disparados com palavras chaves como Pavesi e Mosconi. Os argumentos que eles deram para bloquear a página já foram derrubados. A cada mensagem vem uma desculpa nova. Enfim, tornou-se pessoal. Eles não vão aceitar. E mais. O Wikipédia não tem escritório no Brasil. Manda no Wikipédia alguns voluntários. A central da Wikipédia não interfere em nada no Brasil. Estamos amarrados.

    ResponderExcluir
  4. Decapitação imediata será nas urnas, Paulo. No que me diz respeito, será zero zero confirma PER CAPITA.
    Vou decapitar deputados, governadores, senadores e presidentes. Minha guilhotina eleitoral já vem decapitando desde 1989. Nos meus ombros não carrego pesos, culpas e remorsos por ter dado votos a gente que não deveria ter nascido. É muito bom poder ver e ouvir gente reclamando e jogar um 'não tenho culpa, com o meu voto não foi que o ladrão ou assassino se elegeu'. E durmo o sono dos justos, sem remorsos. Sabemos que mesmo com dois votos alguém pode ser eleito, é a 'matemágica' eleitoral, uma vereadora tomou posse dias desses sem ter tido nenhum voto, nem o dela. Mas uma coisa é um sujeito ser eleito com 'dois' votos, outra com 20 milhões... Se o povo todo não votasse, saberíamos os efeitos práticos de tamanha revolta silenciosa, mas como o povo gosta de ser carniça para urubu, todos vão votar e se achando muito importantes com seus míseros votos. Não sabe de nada, inocente. Não passa de um número,sem nome, sem rosto, sem alma, sem sonhos, sem dores. Os eleitos, quaisquer que sejam vão cantar e andar para quem votou neles,afinal, nem os conhece!Votaram no desconhecido porque quiseram, 'guenta' depois a indiferença e o desprezo que aqui não é a Suécia, nunca será nem em 5 mil anos e alguns impérios romandos passando o rodo no entulho.

    ResponderExcluir
  5. Aecio do pó, dilma e marina são uns bostas....
    aecio mais ainda..

    ResponderExcluir