Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quinta-feira, 20 de março de 2014

ABTO pressiona a CNBB. Ouça com seus proprios ouvidos!

Ouça a reportagem abaixo e depois leia os meus comentarios.



Esta é a imagem que levou a ABTO (Associaçao Brasileira de Trafico Transplante de Orgaos) a pressionar a Confederaçao Nacional dos Bispos do Brasil. 

A ABTO nao admite que a frase "Trafico de orgaos" seja pronunciada, bem como nao admite que imagens que façam referencia ao tema sejam divulgados.

Estamos diante de uma DITADURA assassina, em que pessoas estao sendo executadas para fornecimento de orgaos, e nao podemos falar sobre o assunto.

No Brasil, ja existem diversas condenaçoes pelo crime de trafico de orgaos. E somente um medico esta preso, com muitas regalias. Trata-se de Sergio Boudoux, envolvido no aliciamente de pessoas para a venda de rins na Africa do Sul. Os medicos que praticaram este crime no Brasil, ja condenados, estao todos livres por imposiçao da Mafia. Querem fazer parecer que somente o caso de Recife é valido para fins de trafico de orgaos, ja que envolve outro pais. 

A Campanha da Fraternidade esta sendo usada para esconder o obvio! O trafico de orgaos no Brasil nao so é uma realidade, como tambem esta sendo blindada, para que o crime continue acontecendo nos hospitais publicos. 

A mafia do trafico de orgaos no Brasil esta infiltrada em todas as estruturas do estado. Desde Ministerio Publico, imprensa e tribunais de justiça.

Luciana Leonardelli entre 2 pacientes 
Como voces puderam ouvir a medica Luciana Leonardelli (Foto ao lado), que controla um centro de transplante em Caxias do Sul, afirma que no Brasil nao ha trafico de orgaos e que a lei de transplante é a mais rigorosa no mundo! O Brasil tem leis rigorosas contra o homicidio e todos os anos sao assassinados 70 mil brasileiros, prova de que a existencia de uma lei nao significa absolutamente nada.

O funcionamento desta mafia é preocupante. O caso Paulinho, por exemplo, nao pode ser divulgado. Tem sido censurado o tempo todo. Enquanto somos proibidos de publicar livros, e expor os fatos publicamente, os transplantistas tem acesso a toda a imprensa para dizer que no Brasil nao existe trafico de orgaos. Voltamos a era pre-historica das comunicaçoes. Estamos vivendo a ditadura dos orgaos. 

Voce ja ouviu falar nas vitimas de Taubate, e como eles foram mortas? NAO! A imprensa nao diz nada! 3 medicos condenados a mais de 17 anos de prisao estao soltos e trabalhando com o aval dos conselhos de medicina. E a imprensa nao fala nada!!

Mas a mesma imprensa leva ao publico depoimentos como desta medica, que afirma que - apesar da existencia das condenaçoes - trafico de orgaos nao existe no Brasil. 

O caso Paulinho so é de conhecimento publico devido aos meus esforços sobrenaturais para fazer com que esta informaçao chegasse até voce. Nao ha nenhum veiculo de imprensa que tenha a coragem de levar o que esta acontecendo em Poços de Caldas a todos cidadaos brasileiros. Tudo esta sendo meticulosamente calculado para minimizar os danos. Nao os danos a doaçao de orgaos, mas os danos que poderiam sobrecair à mafia.

O Brasil é um pais onde o trafico de orgaos encontrou a impunidade. Centenas, senao milhares, de cirurgias estao sendo feitas clandestinamente no pais, sem qualquer fiscalizaçao, e envolvendo pagamento. Destas cirurgias, muitos orgaos sao provenientes de pacientes que foram desligados ou mesmo assassinados em UTIs publicas. Tudo bem debaixo do nariz de autoridades que assistem tudo passivamente.

A unica coisa que posso concluir neste momento é que quem, diante de tantos fatos reais, nega a existencia deste crime, é porque deste crime sobrevive. 

Lamentavel ver até mesmo a Igreja Catolica ajoelhando-se diante deste grupo e abençoando a morte de pessoas inocentes. 

Cara medica Luciana Leonardelli. Nao existem pessoas por ai com cicatrizes por uma retirada de rim ilegal. Estas pessoas estao mortas e enterradas. A mafia nao deixa rastro. Voce esta procurando as vitimas no lugar errado. De uma olhada nos prontuarios de doadores. La estao todas as provas de que pessoas estao sendo diagnosticadas mortas apos receberem altas dosagens de sedativos.

Estes transplantistas sao um bando de Nazistas, covardes e que so pensam em dinheiro. Esta estrategia de negar o obvio com o silencio de todos é criminoso. Isto so poderia acontecer em um pais com a falta de seriedade como é o Brasil. Dizem que querem salvar vidas, mas canso de ver pais fazendo campanha para arrecadar dinheiro para pagar um transplante. Sera que voces nao podem operar pelo menos as crianças de graça? Ou sera que o "salvar vidas" tem mais a ver com o que os pais conseguem arrecadar? As cirurgias ja sao pagas pelo SUS, mas eles querem mais! Estes anjos nao abrem mao de suas ferias na Europa regada a muito conforto e a sangue de inocentes. 

Voces podem continuar falando que nao existe. Voces podem continuar faturando alto com as cirurgias de transplantes. Voces podem fazer o que quiserem, mas terao que ouvir e ler o que eu sempre estarei dizendo e escrevendo. Voces sao assassinos e deveriam estar presos.

A lei mais rigida do mundo - o dos transplantes brasileiros - nao é sequer capaz de manter presos traficantes de orgaos. Um dos assassinos do meu filho, ja condenado, nao permaneceu sequer 48 horas detido e ja esta nas ruas apavorando testemunhas e ameaçando vitimas, com a conivencia da justiça. Imaginem se fosse uma lei fraca.

O medico oftalmologista condenado pela venda das corneas do meu filho pegou 2 anos de prisao, e conseguiu escapar pois o crime estava prescrito, ja que demorou mais de 10 anos para ser julgado. Esta é a lei rigida de transplantes. 

O TJMG vem beneficiando os assassinos do meu filho com todo o tipo de regalia. Até foragido obteve habeas corpus. A lei é apenas um mero detalhe. 

Enquanto houver doadores, havera a mafia.
NAO DOE ORGAOS. Sua vida é o bem mais importante que voce possui.

4 comentários:

  1. Paulo bom dia como vai?
    A pouco tempo venho lendo seu blog quase que diariamente, já conhecia vagamente a historia do seu filho e em uma matéria na internet a pouco tempo quando saiu a decisão para prender os médicos neste último episódio, que retornei a acompanhar a historia e dai conheci seu Blog.
    Gostaria primeiramente de parabenizar por esta dura luta da qual você se propôs, claro que com um motivo óbvio porém acredito que muitos já teriam parado pelo meio do caminho e por isso é merecedor de respeito e apoio.
    Enfim como te disse venho acompanhando e li recentemente matérias suas antigas, dai pude perceber o quanto muitas vezes somos leigos em relação a tudo.
    Sou filha, única filha de um homem de 52 anos que acabou de falecer após 17 anos de hemodialise, e tentei por diversas vezes ser sua doadora viva o que não obtivemos resultados pois eu já tenho alguns problemas renais pré existentes, e com isso eu mesma por muitas vezes comprei a briga em relação a doação de orgãos, fazia campanha compartilhava matérias na minha rede social, criticava quem se declarava não doador, porque convivi anos e mais anos, vendo meu pai amoroso dedicado a familia, uma pessoa do bem de caráter sendo morta dia após dia por consequência de sua doença.
    Uma vez que meu pai veio a ter problemas com 35 anos de idade e nestes "17" anos de hemo, nunca .... nunca foi sequer chamado para um possível transplante pela "fila única".
    O que sempre me revoltou e muito pois me perguntava todos os dias:
    - Como que em 17 anos, com o tipo sanguineo O+, como que não morreu nestes anos todos, alguém que fosse compatível???
    Puxa, em um País que acidentes de carros, motos etc são registrados a todo momento, como que em 17 anos não surgiu um doador???
    Pois é meu querido, acredito eu, que na minha leiguice diante de tantas informações prestadas por você.
    Que estou descobrindo o verdadeiro motivo!
    E o mais triste, o mais devastador de tudo isso, é saber que quem está do lado de cá assim como meu pai estava, não pode esperar muito da vida, porque as leis que eram para protege-los e ampara-los não funciona, a fiscalização muito menos, quem tem grana compra e assim dá continuidade ao tráfico.
    E quem não tem e não é conivente com essa sujeira toda, esta condenado a ver os dias passarem sem esperança até o seu falecimento, o que aconteceu com meu pai e é lamentável.
    Deixo registrado aqui minha indignação por todo esse ciclo vicioso.
    E mais uma vez meus parabéns pela Luta!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  2. Paulo essa senhora,essa tal Leonardelli,CONTROLA O CENTRO DE TRANSPLANTES DE CAXIAS DO SUL???Eu entendi direito???Isso é um tanto suspeito...
    Enfim,vc achou uma nomenclatura corretíssima para definir esses canalhas transplantistas"NAZISTAS" e da pior espécie,porque Hitler praticava um nazismo aberto,toda a população sabia do extermínio que estava acontecendo e esses tranplantistas,praticam um NAZISMO VELADO,eles enganam as pessoas dizendo que a doação de órgãos salva vidas,continuo apoiando a sua causa,abs Cintia

    ResponderExcluir
  3. Paulo, este poster é genial. Este vale "por mil palavras": Uma obra prima que atribuo como milagre do papa francisco.
    Presta atençao:
    A unica mão aberta denuncia trafico de rins,e nos convida a um jogo subliminar de descobrir o que há sob as outras. Acredite: a primeira mão aperta fortemente dois olhos entre seus dedos, a terceira tem gravado um pulmão e na da criança está tatuado um coraçao.
    Mas a gente pode deixar livre a imaginação...

    ResponderExcluir
  4. Olha Paulo, já estou com 60 anos. Desde os dez anos já tinha uma visão crítica do mundo que me cercava em Porto Alegre/RS, lia livros que normalmente um adolescente não leria e hoje, revisando as décadas de 1960, 1970, 1980, 1990, 2000, 2010 a 2014, posso afirmar de maneira categórica que a situação na área da educação, saúde e segurança se deterioraram década após década, principalmente após os governos militares. Hoje temos milhares de analfabetos funcionais cursando o nível superior; milhares de jovens que terminam o Ensino Médio tendo dificuldades em ler e escrever (também analfabetos funcionais); na área da saúde é o caos que reina; temos máfias e mais máfias dominando vários setores da sociedade, muitas das quais possuem tentáculos nos três poderes da república e, por conseguinte, até mesmo na imprensa escrita e televisiva, a exemplo da máfia de órgãos humanos. A impunidade é a marca que mais se sobressai nos dias atuais, de tal maneira, que, sinceramente, só um milagre pode colocar este País nos trilhos novamente, o que eu duvido muito. Admiro muito o teu ímpeto em busca de justiça e outras virtudes que você possui. Foram 14 anos de luta e a luta continua. Acredito que se você estivesse ainda no Brasil a tua vida teria pouca importância e talvez você nem existisse mais. Aliás, acho que você conseguiu esse asilo no momento certo. Para todos os brasileiros é importante que você continue fazendo as tuas críticas e denunciando esses criminosos que vestem a cor branca, pois aqui no Brasil a situação se deteriora ano apos ano com mais de cem mil assassinatos a cada doze meses, sem contar que a corrupção está quase institucionalizada. O medo começa a imperar nas grandes e medias cidades do Brasil e esses que estão aí continuam sendo reeleitos. Provavelmente, em pouco tempo, os brasileiros não poderão mais colocar certas críticas fundamentadas na internet sem sofrer as conseqüências. Algo parecido com o que ocorre em Cuba. Para encerrar tente conseguir nos sebos do Brasil (www.estantevirtual.com.br) alguns livros escritos por um homem de muitas virtudes, que teve a coragem de desafiar os demônios que vestem branco, obviamente nem todos. Autor: Dr. Nelson Senize - Livros (raros, pois não há interesse que sejam republicados): MEDICINA PROSTITUÍDA; MEDICINA E IMPUNIDADE; O SUBMUNDO DA MEDICINA. O que está escrito nesses livros continua atualizado e muito mais ampliado, apesar do tempo. Acredito que ao ler esses três livros você verá as raízes que deram possibilidades do surgimento desta máfia de órgãos humanos. Estou lendo o teu livro e não tenho palavras para agradecer por você ter repartido com nós a tua luta e sofrimento, além de servir como um grande exemplo para todos os brasileiros. Se não tivesse repressão para publicar aqui no Brasil a tua obra, provavelmente iria se tornar um best-seller. Enfim, em um País tão injusto como o nosso, com o crime sendo respaldado até mesmo pela República, deve se pensar muito bem antes de se tornar um doador de órgãos, pois os riscos são reais e não imaginários. Estou lendo o teu livro e não tenho palavras para agradecer por você ter repartido com nós a tua luta e sofrimento. Enfim, meu amigo, que a luz esteja contigo e com a tua família e fique bem longe deste País.

    ResponderExcluir