Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

segunda-feira, 10 de março de 2014

Um post longo, mas necessario.

O blog acaba de atingir 400.000 visitas. Mas este nao é o assunto deste post. 

O assunto é um comentario publicado aqui, que resolvi transformar em post. Achei interessante e importante mostrar o que penso a respeito:
Paulo, tenho acompanhado de perto toda a repercussão do caso nos fóruns de Poços e vejo muita gente dizendo que "as pessoas não sabem a verdade, quando souberem terão que se desculpar por tudo que fizeram com estes médicos" aí eu fico na duvida: que informações essas pessoas tem que a justiça não tem que garantem que os médicos são inocentes?
Não seria o caso de intimar-se estas pessoas que dizem ter informações relevantes do caso para que deponham? O Exmo. Juíz Narcizo não teria interesse em ouvir esses detentores de informações?
Já está me causando ojeriza a fé cega com que se defende os condenados nas comunidades de Poços (sempre a mesma meia dúzia, diga-se). Tiveram a cara de pau de comparar o caso da escola base (onde o MP sequer ofereceu denuncia) com o caso do Paulinho, onde os médicos já foram condenados em segunda instância.
Não seria possível informar o juíz sobre estas pessoas e suas informações irrelevantes?
O post foi anonimo, e portanto vou me referir ao autor como tal.

Caro anonimo.

Sao 13 anos que este processo vem caminhando a passos de tartaruga devido a inundaçao de recursos dos advogados de defesa. Sao manobras de todos os tipos, que a justiça vem aceitando ha 13 anos sem que ninguem questione ou se manifeste sobre isso.

Sao 13 anos que eles tiveram disponiveis para apresentar tudo o que podiam apresentar e tentar inocentar os reus. Ja escrevi aqui, ja falei na CPI e vou repetir: Eu ficaria muito feliz se me provassem que nao cometeram tais crimes. Eu me sentiria uma pessoa muito mais feliz em saber que meu filho nao foi assassinado. Com frequencia, eu recebe ameaças, dizendo que no final eles serao inocentados e vao me processar e acabar com a minha vida. Se eles provassem a inocencia, eu me entregaria hoje mesmo! E muito feliz. Pois nao ha  maior peso no mundo que este que carrego por ter doado os orgaos do meu filho. 

Trata-se de uma estrategia bastante desgastada. Eles ficam repetindo que tem provas da inocencia e que elas serao apresentadas e que todos teremos que ajoelhar diante destes reis  magos. O problema é que a prova nao aparece. Alias, as provas desapareceram. Este sim é o problema. 

No entanto, eu tenho a consciencia de que eles podem se livrar de tudo, de uma hora para outra. Estamos falando de Brasil onde quem tem poder pode fazer muita coisa. Voce sabe quem nomeia o Procurador chefe do Ministerio Publico? O governador do estado. Voce sabe quem nomeia o comandante geral da policia? O governador do estado. Voce sabe quem comanda a imprensa? O governador do estado. Voce sabe quem é o chefe desta quadrilha que vem deteriorando a saude do estado, desviando dinheiro para sua empresa de materiais hospitalares? O ex-braço direito do governador do estado.

Entao, seria muita ingenuidade eu acreditar que no Brasil, assassinos de pedigree fossem presos e pagassem suas penas como acontece em um pais serio. O Brasil é 3o mundo (se for, como dizia Renato Russo). No 3o mundo, as regras nao sao respeitadas. Vale a voz de quem comanda. 

Porem, eles podem se livrar de tudo, tudo, tudo, sairem impunes, voltarem a operar, fazer transplantes, matar pacientes, traficar orgaos, e o que mais quiserem. So que a inocencia, eles nao vao provar. Porque simplesmente nao sao inocentes. Isto ja esta provado nos autos. Eles podem anular o processo, mandar arquivar tudo e por uma pa de concreto em cima da historia. Mas a inocencia, nao terao!

Em relaçao a escola de base, que é a muleta de todos os bandidos, eu ja expliquei no meu livro o que esta historia significa e as diferenças. Acho até que cheguei a escrever um post sobre isso. Sao situaçoes completamente diferentes e distintas. So mesmo usando a ma fé para comparar estes casos. E ma fé sobra do outro lado. 

Honestamente, eu acho que juiz nao teria nem interesse em ouvir estas pessoas, pelo simples fato de que eles nao tem nada a mostrar. Estao fazendo um jogo mediocre, impressionando as pessoas que ainda estao em duvida por pura ignorancia. Convenhamos! O Brasil é uma planicie formada de capim, cheio de jumentos em cima. Sao poucos os esclarecidos. A maioria ainda acredita no "ouvi falar", enquanto rumina. 

Ahhhh... o fulano disse que tem a prova da inocencia e que sera mostrada em breve!
Ahhhh... Nao vamos mais falar nisso nao, porque estamos cometendo uma injustiça!
Ahhhh... o fulano disse que o menino caiu do 50o. andar! Ninguem vive com uma queda desta!
Ahhhh... o fulano disse que o juiz sumiu com a arteriografia!
Ahhhh... os medicos disseram que agora que estao soltos vao poder provar a inocencia!

Eles estao soltos a 13 anos, e nunca provaram nada. Depois de 30 dias presos, agora sim vao provar a inocencia?

Infelizmente a grande maioria nao faz ideia do que esta nos autos. Nos documentos, nas provas, nos depoimentos. A maioria nao faz ideia do que aconteceu durante a CPI. 

Outro dia recebi uma e-mail dizendo que nos comentarios do blog dos medicos, alguem disse que eu era muito proximo ao deputado presidente da CPI. Ora... os medicos sao socios de um deputado, e eu nao posso ter nenhuma aproximaçao com deputado? 

So vale de um lado! 

Eles comandam a imprensa, mas se sai alguma materia em que sou entrevistado, é porque estou sendo privilegiado. Eu escrevi um livro que foi simplesmente boicotado. Hoje voce abre o G1 e tem la uma campanha para doaçao de orgaos. Eles dominam todos os espaços, e reclamam que eu tenho um blog. A situaçao é tao absurda, que me empurraram para fora do pais e dizem que eu fugi! Fugi do que? Fugi da morte. O sonhos deles é que eu tivesse continuado ai, até tomar um tiro na boca, como fizeram com o administrador do hospital.

Dizem que o juiz Narciso de Castro é suspeito e derepente descubro que o juiz Antonio Pereira Gatto que atuava nos processos do caso do Paulinho é sogro do socio de um dos envolvidos. Mas dele, nenhum medico levantou suspeita!

Eu ja escrevi sobre isso, mas nao custa nada escrever novamente:

- Em 2000, eu levei o caso para o Ministerio da Saude. Uma auditoria provou que eu estava certo.
Eles jogaram a auditoria fora, e fizeram uma propria.

- Em 2004, eu levei o caso para uma CPI. O relatorio apontou que eu estava certo.
O Ministerio Publico arquivou o relatorio e eles disseram que a CPI nao apurou nada.

- Em 2008, eu levei o caso para a Italia, e os juizes disseram que eu tinha razao.
Eles disseram que eu fugi. 

- Em 2013, os medicos foram condenados pelos crimes denunciados.
Eles disseram que o juiz é suspeito.

- Em 2014, os medicos foram novamente condenados.
Eles disseram que tem provas que provam o contrario. 

- Em 2014, os medicos foram presos.
Eles conseguiram habeas corpus e estao dizendo que foram soltos porque a prisao foi uma injustiça.

Podem falar o que quiser, podem fazer o que quiser, mas tem muita gente com capacidade para raciocinar, ler e entender, que ja compreenderam o que esta acontecendo no sistema de transplante brasileiro. Sao raros e silenciosos, mas sao inteligentes. A grande massa, esta nao tem jeito. Serao sempre manipulados. Nao é a toa que esta sujeira toda esta ai.

Voce deve estar se perguntando. Tudo isso e voce esta tranquilo assim?
Sim caro anonimo. Eu me revolto pelas manobras que fazem. Mas estou bastante tranquilo, ainda que tudo nao de em nada.

Porque o grande pulo do gato pode nao estar com eles como falam. Pode estar comigo.
Eu nao sei qual a prova que eles tem, mas eu deixei uma carta na manga para quando tudo isto acabar. 
Sei como eles estao jogando, e sei a hora certa de colocar esta carta na mesa. 
O deputado que se cuide.

Nenhum comentário:

Postar um comentário