Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

sexta-feira, 14 de março de 2014

Quem é responsavel pela morte de Paulinho?

Muito bem! A estrategia agora dos assassinos é colocar a culpa do acidente em mim, dizendo inclusive que ele sequer era meu filho. Ou seja, eu teria "induzido" meu filho "bastardo" a se matar. De quebra, a ofensa vai diretamente a honra da minha ex-esposa. Ontem a noite nos falamos e como ela é uma pessoa muito equilibrada, senti que ela esta tranquila em relaçao a estas besteiras. 

Ha uma grande insistencia para que ela se pronuncie sobre o caso. Como expliquei no livro, a Rosangela teve um papel fundamental nesta historia que foi cuidar da Adriana, enquanto eu me aprofundava em toda a historia. Nao ha qualquer motivo para que ela se pronuncie sobre o que eu investiguei. Sobre as investigaçoes que fiz, falo eu, e assino embaixo.

A mafia tem como habito inverter situaçoes. E vou demonstrar mais uma vez como ela faz isso.

Durante a CPI, o Deputado Federal Geraldo Thadeu Pedreira dos Santos, grande defensor da mafia, que era prefeito quando aconteceu o acidente do meu filho e o assassinato, relatou sua historia comovente na CPI, durante o depoimento de Celso Scafi, no dia 07/07/2004, em defesa dos acusados, que reproduzo agora:
O SR. DEPUTADO GERALDO THADEU - Para mim, é muito difícil falar o que vou falar aqui. Eu tinha um filho com 16 anos, ele sofreu um acidente e ele... um acidente com o crânio, traumatismo craniano. Foi lá em... ele ficou internado na Santa Casa de Poços de Caldas, durante 15 dias, na UTI. Sofreu 4 cirurgias intracranianas. E quem atendeu foi a mesma equipe que está aqui: o Dr. Celso, o Dr. Cláudio. Não todos, mas praticamente a mesma equipe, não tinha o pessoal das (ininteligível). Até que um dia eu estava em casa, e eles chegaram à minha casa: “Olha, eu queria colocar que a situação do seu filho é gravíssima, não tem reversão praticamente”. Nós trouxemos um neurocirurgião, um dos mais conceituados neste País, que aqui esteve, Dr. Manreza, de São Paulo. Fui a São Paulo, peguei de avião, levei-o até Poços de Caldas. Ele constatou que o caso dele era extremamente grave, mas que ainda poderia ter uma chance. E nós lutamos.
A SRA. DEPUTADA LAURA CARNEIRO - Claro.
O SR. DEPUTADO GERALDO THADEU - Nós lutamos, mais cirurgias, até que o caso dele se afundou, aprofundou. E aí a equipe chegou perto de mim e disse que realmente estava caminhando para a morte encefálica. Eu, como dentista, da área da Saúde — meu pai era médico —, convivo com hospital, faço cirurgia bucomaxilofacial, tenho meus conhecimentos médicos também, entendi que aquele menino, depois de 15 dias, sofreu 4 cirurgias craniofaciais. Eu ficava lá, na ante-sala da sala de cirurgia, ouvindo sendo sugado o seu cérebro, ouvindo sendo intervindo o seu cérebro. Chegou naquele momento, em que eles diziam que ele não tinha mais praticamente solução. Eu, como ser humano, também portador de uma hepatite crônica de 27 anos, luto pelos transplantes, luto pela vida humana. Eu disse à equipe que gostaria de que fossem doados os órgãos dele, se constada a morte encefálica, cerebral. Então, você tem um pai aqui que passou por isso e está te dando esse depoimento. Considero esses médicos aqui, Dr. Celso, Dr. Cláudio, Dr. Tasca, a equipe que atendeu o meu filho, que conheço há 30 anos, conheço a vida deles, conheço essas pessoas, conheço o hospital da Santa Casa. E quero dizer que, só se for um grande equívoco meu e uma grande surpresa minha, Poços de Caldas não tem tráfico de órgãos, Poços de Caldas não tem nada disso que estão falando. Pode ter acontecido algum erro médico? Sim. Pode ter acontecido alguma falha? Sim, mas não existe. Isso aqui é uma inquisição, isso aqui é paredão para destruir vidas. Chega as vidas que já foram destruídas pelo caminho. Então, eu quero dizer que eu estou aqui para descobrir a verdade também. E olha, agradeço a Deus até, a presença de V.Exa., aqui, neste momento, que veio dar, pelo menos, um caminho de lucidez e de justiça nos seus questionamentos, nas suas perguntas, sem paixão, sem fanatismo, sem prejulgamento e, sim, de justiça, porque conheço muito bem a sua trajetória, a sua pessoa, atuação nesse 1 ano e meio que estou aqui neste Congresso. Então, a gente tem... e eu sempre estou lutando aqui, que seja feita justiça e não com prejulgamento ou inquisição, como está sendo esse caso. Se alguma pessoa errou, que ela seja julgada, que ela responda pelos atos dela. Mas eu não posso me negar e me silenciar. Eu não vou ficar em paz com a minha consciência. Eu não vou ficar em paz com a minha consciência.
Muito bem!

Vamos aos fatos. Como Geraldo Thadeu usou a sua historia para defender os assassinos do meu filho (ja condenado em 1a instancia), nao vejo motivo para nao usa-la em defesa do meu filho tambem.

O filho de Geraldo Thadeu tinha 16 anos e sofreu um acidente.... um acidente pilotando uma moto. Com 16 anos de idade, uma pessoa pode pilotar motos? Sem habilitaçao? De quem foi a responsabilidade? Nenhum inquerito foi aberto para apurar este acidente? Geraldo Thadeu nao se interessou em saber os motivos? A Mafia nao vai culpar Geraldo Thadeu pela morte do filho?

A Mafia insiste que o fato de uma criança de 10 anos (meu filho) estar brincando em uma area de lazer, sem a minha presença, faz com que eu seja o culpado. E mais! Alguns ainda afirmam que eu o incentivei a se jogar alegando que eu teria descoberto que ele nao era meu filho. Outros chegam ao absurdo de dizer que ele "escapou das minhas maos" quando sequer eu estava la. Eu estava em Sao Paulo trabalhando no momento do acidente, fato registrado no processo. 

O curioso é que o filho de Geraldo Thadeu nao era filho natural. Era adotivo. Paulinho é meu filho natural.

Percebem a inversao de fatos? 
Percebem a que nivel esta mafia é capaz de chegar?

Vale lembrar que Geraldo Thadeu fretou aviao para buscar o neurologista Manreza para que fizesse os exames em seu filho. Por que ele nao confiou nos neurologistas de Poços de Caldas?

Geraldo diz ainda que seu filho foi atendido pelo Dr. Celso e Dr. Claudio ambos urologistas. 
Eles trataram o filho de Geraldo que tinha um traumatismo craniano?
Nao seria um caso a ser apurado pelo Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais? 
Ou urologistas podem tratar traumatismo craniano. 
Nao havia neurologistas naquele dia, na emergencia? 
A Santa Casa nao é o suprasumo dos hospitais do Sul de Minas? Sem neurologista?

Alem disso, solicitar esta investigaçao seria facil para o Deputado. Ele cita o Dr. Tasca como um dos medicos que atendeu seu filho, que nada mais é que um dos conselheiros deste conselho.

Esta comprovado que Paulinho teve os orgaos retirados quando ainda estava vivo. E isso, ninguem pode questionar pois a verdade nao se questiona. O que podem fazer é espalhar boatos, interferindo na ordem publica, que por si so, ja é motivo de cadeia.

Encerro este post pedindo a colaboraçao dos defensores dos injustiçados.
Nao me enviem e-mail com intimidaçoes, ameaças e desaforos. 
Publiquem suas mensagens aqui no blog. 
Da muito trabalho ficar copiando e colando!

Abs



2 comentários:

  1. Parabéns pelo trabalho! Infelizmente, o Brasil é um pais de 3º mundo, e provavelmente os acusados sairão impunes. Como você mesmo disse em uma frase que gostei muito em um de seus textos "A justiça brasileira é um grande submarino. Até boia, mas foi feita para afundar."
    E para a infelicidade do povo brasileiro, não há sinais de que isso vai mudar nos próximos 10, 20, 50 anos...
    Com certeza vou acompanhar seu blog a partir de agora torcendo para que esses criminosos não saiam impunes!
    Força

    ResponderExcluir
  2. Esse deputado é outro que não engulo... Sujeito ridículo, falso e hipócrita! Como toda a máfia mesmo!
    Não suporto nem ouvir a voz dele.

    ResponderExcluir