Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Caro desembargador censurador. Fica um recado.

Vou republicar a página que você mandou retirar. Contra mim, as coisas são rápidas. Você mandou e a justiça retirou. Contra os médicos levam anos. 

Mas se você insistir em me censurar, vou criar um blog específico para dizer o que penso de você e desta justiça brasileira de merda.


Eu fui obrigado a deixar o país para continuar a minha luta, e assim será. Não tenho medo do que você possa fazer contra mim, pois sei bem que são capazes de tudo. Até de matar, como está claro no caso Pavesi. As testemunhas que o digam - se estivessem vivas.

Vocês destruiram a minha vida, mas eu estou de pé, e não vou parar. Guerra é guerra. E estou preparado. Mais do que você pensa.

Você Antonio Servulo (Servo) e seus comparsas não passam de um bando de vagabundos querendo censurar a verdade. E eu não vou deixar. 

Me aguarde!


Um comentário: