Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

terça-feira, 30 de junho de 2015

Os psicopatas deixam rastros e assinam os crimes que comentem

O psicopata não consegue limpar sua sujeira, seus rastros. Sua ambição é tão gigante que ele é incapaz de se preocupar com os detalhes. 

O psicopata é difícil de ser identificado prontamente pois geralmente não demonstra todos os sintomas descritos (DSM) de uma vez só. Pode ser uma pessoa comum que convive diariamente com as demais. Quando cometem algum tipo de ato inaceitável ou violento, frequentemente as pessoas ao seu redor ficam surpresas e têm dificuldade em acreditar nesses relatos.

Elas podem ser desde um(a) falso(a) colega oportunista que vive se fazendo de vítima, até trapaceiros(as), parasitas sociais, políticos, empresários(as) e religiosos(as). Esse psicopata raramente vai para a cadeia, mas quando esses indivíduos - por algum motivo ilícito - vão para a prisão, são tidos como presos "exemplares" pelo seu bom comportamento: são muito bem vistos(as), comportados(as), não arranjam confusões e dissimulam uma aparência de inocentes coitadinhos(as), a ponto que outros presos e seguranças não consigam acreditar que aquela pessoa tão calma pôde cometer alguma atrocidade. Exatamente por isso, enganam tão facilmente a todos, fazendo com que diminuam o tempo de pena na cadeia. 

Mesmo que não demonstrem socialmente, a característica principal da psicopatia é um forte traço narcisista enraizado na personalidade. São pessoas intimamente megalomaníacas (se acham superiores às outras pessoas), imprevisíveis, sem escrúpulos, excessivamente egoístas e egocêntricas. São charmosas e manipuladoras e podem dizer isso com o maior orgulho. Essa característica narcisista é mais acentuada do que os próprios portadores do transtorno de personalidade narcisista. Embora estes últimos com frequência demonstrem, de primeira, a todos o seu narcisismo, os psicopatas, a princípio nunca demonstram; entretanto, suas atitudes são típicas de alguém cujo "amor-próprio" é elevado. Podem ser pessoas excessivamente opiniáticas, autossuficientes ou vaidosas. Por isso, a principal característica de quem carrega o distúrbio consigo é ter os seus próprios interesses sempre em primeiro lugar, o tempo todo.

Pelo fato de gostarem da sensação de poder, serem muito persuasivos e não medirem esforços para atingir seus objetivos, as pessoas psicopatas ascendem muito rápido em suas profissões; por isso é comum que esses indivíduos ocupem importantes cargos ligados a mídia, televisão, música ou política.

O texto acima são fragmentos colhidos no Wikipedia.

Todo psicopata faz questão de marcar seu território ou ainda, deixar um sinal em seus crimes. De alguma forma, o psicopata precisa faz questão de deixar sua assinatura. Um exemplo real é Jack - O Estripador. Responsável pelo assassinato de prostitutas na área de Whitechapel, durante o ano de 1888, em Londres, Jack nunca teve sua identidade revelada. Entretanto, se tornou um dos assassinos seriais mais famosos da história. Suas vítimas tinham os órgãos internos removidos de maneira praticamente cirúrgica, e esta era a sua marca.

Em Poços de Caldas, o psicopata resolveu deixar sua marca de uma forma mais explícita, já que a impunidade o protege. Em 2013, a Santa Casa de Misericórdia (que de misericórdia não tem nada), reformou o CTI Adulto, palco de inúmeras atrocidades. O vice-governador Alberto Pinto Coelho fez questão de visitar o novo centro. Tal palco não podia receber outro nome: 

ALA CARLOS EDUARDO VENTURELLI MOSCONI. Há um passo do paraíso.

Se faltava assinatura, está ai.
Impunidade é pouco. O negócio é botar o nome para esfregar na cara de todo mundo.

O 3o. mundo é lindo. Se na Venezuela tem o bolivarianismo, em Minas temos o Mosconismo. Mas o Aécinho está preocupado só com o 1o.

Um comentário:

  1. Mascani é o lixo do lixo. Imprestável, mentiroso, bandido, sociopata.

    ResponderExcluir