Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Book fotográfico - parte II

Olá pessoal. Mais uma rodada dos carros que estão desfilando com o adesivo em defesa dos médicos condenados. Tem até mulher de detento fazendo propaganda. O choro é livre!


Mirtes Maria Rodrigues Bertozzi. Integrante da portaria 357 
da máfia do tráfico de órgãos. Em depoimento entregou que a 
equipe fazia diagnostico de morte em varios pacientes.


Bernadete Balducci Scafi. Esposa de Celso Roberto Frasson Scafi, 
um dos condenados. Foi a auditora que disse que nada tinha de errado 
no caso Pavesi


Alberto de Araujo Cruz


José Antonio Corigliano


Antonio Augusto de A Matthes


Alberto de Araujo Cruz - 2o Carro!!!!


Tereza Cristina Alvisi


Iara Maria Pimenta de Castro


Magna Maria da Conceição Silva


Nair Teodora Smith Chuva - Esposa de Claudio Rogerio
Carneiro Fernandes, um dos condenados. Nair participou de
algumas cirurgias, mas o MP "esqueceu" dela.


Amauri Guimarães Barreiro - Marido de Francisca Barreiro
que responde por homicídio de um paciente.


Como podemos observar, é a "população" que está do lado dos médicos condenados. Uma população que tem relações intima e direta com os acusados. Embora eles neguem a existência de uma máfia, a verdadeira população deve estar se perguntando de onde vem tanto dinheiro?

Propaganda em TV em horário nobre, Jornais, Adesivos, publicidade, agência de marketing, advogados e por ai vai. 

Se você é inteligente, responda:

Quem teria tantos recursos para gastar assim? 
O que está por trás desta máfia que vale todo o investimento?

Recentemente um médico foi condenado por erro em cirurgia plástica. Eu não vi nenhum adesivo no carro de ninguem, nem o CRM indo a Poços dar entrevista. Tem muita coisa atrás deste "mistério".

A liminar que os tirou da cadeia foi impetrada por nada mais, nada menos que Miguel Reale Júnior. 

Você sabe o quanto custa o honorário de um Reale?


2 comentários:

  1. que belezura de carros, seu doutor. Belezinha demais!

    ResponderExcluir
  2. Miguel Reale Jr foi ministro da justiça.
    Talvez 10 mil reais a diária dele.

    ResponderExcluir