Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Gepetto é do Brasil!!!

Corregedora Katiuscia 
Eu tenho dúvida de que Deus seja mesmo brasileiro. Mas Gepetto, o pai do pinóchio, tenho certeza, é mineiro! 

Hoje você vai conhecer mais um personagem desta incrível história envolvendo o caso Pavesi e mais de meia dúzia de vagabundos condenados e livres. Hoje vamos falar da magnífica Corregedora da Secretaria de Estado de Defesa Social, Katiuscia Fagundes Fernandes (foto). A Sra. Fernandes enviou-me um ofício respondendo meus questionamentos sobre a transferência ilegal dos presos. 

Ela destaca que nenhuma providência foi tomada e parece até estar meio orgulhosa disso. Em seguida, ela mente descaradamente como vou demonstrar aqui. 

No ofício abaixo, ela cita Antônio Padova Marchi Junior e Andrea Abritta Garzon afirmando que não há qualquer procedimento aberto para apurar os fatos apontados por mim contra eles. Em seguida, ela diz que "os ex-servidores, eram ocupantes de cargo de recrutamento amplo e forma exonerados (...)". 

O Brasil vai mal de corregedoria. A Dra. Katiuscia mentiu, e o Toninho das Moças continua a perseguir o juíz. 

Andrea Abritta não foi exonerada e continua ocupando o mesmo posto, apesar da transferência fraudulenta que ela ajudou a promover. Basta consultar o site para ver o nome de Andrea Abritta ativo. A exoneração de Abritta é a mais pura mentira.

Clique na imagem para ampliar
Todos que acompanham o caso, sabem que o chefe desta máfia é um famoso tucano, Carlos Mosconi, ligado intimamente a Aécio Neves e Antônio Anastasia. É por esta razão que eles fazem o que querem sem temer o peso da lei. Ao lado (foto), a protetora de assassinos de crianças, Andrea Abritta e seu fiel escudeiro Antonio Anastasia. Andrea é ligada aos tucanos e foi advogada de defesa dos médicos que ajudou a transferir ilegalmente. Andrea é também a exonerada que ainda ocupa cargo na Defesa Social, ao que tudo indica, com o apoio da Corregedoria que decidiu mentir para ajudá-la. 

Andrea Abritta em um fraternal abraço com
Aécio Neves. Só sorrisos.


Mas máfia é máfia não é mesmo? Não é somente Andrea Abritta que tem lá suas garantias. Mesmo em um governo petista, os tucanos ainda comandam a festa. O diretor do presídio de Poços de Caldas, que participou do esquema de transferência ilegal, também é amparado pela turma. Ao lado (foto) Adriano Pupilo, o gordinho de barba e novamente, Antonio Anastasia. Quantas fotos!! Esses tucanos gostam mesmo de flash e órgãos humanos. Ah... e gostam de presidiários também (só os de plumas azuis e amarelas), com exceção do jornalista Marco Carone que quase morreu na cadeia, sem ter condenação nenhuma. 
Assim fica fácil para a máfia. Basta revirar um pouco e o DNA surge. A impunidade é uma coisa maravilhosa para quem comete crimes. Mentir então é uma beleza. Ninguém vai fazer nada mesmo. É só mandar ofícios mentindo que tudo dá certo. Quem vai investigar a corregedoria? O Papa?


Acho que é por isso que estão sempre sorridentes! Estão tranquilos, serenos e certos que nada vai atingi-los nunca. A máfia é forte!!! Ninguém põe a mão! Barba, bigode e cabelo. Promotores, defesa social e desembargadores. Tudo sob controle dos tucaninhos!


Ahhh.. Dra. Katiuscia. Eu ainda aguardo resposta do meu último e-mail. Eu não tenho mais condições de acreditar no que diz, mas eu gosto de receber respostas mesmo assim. Afinal, você ganha para isso não é mesmo? Ou além de mentirosa é também prevaricadora?

Nenhum comentário:

Postar um comentário