Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Julgamento adiado




8 comentários:

  1. Sério ?! Meu deus até quando demônio vai agir ?!

    ResponderExcluir
  2. pqp........ não acredito, estava bom para ser verdade!!!!!!!1
    para quando???

    ResponderExcluir
  3. Quem disse? Eu liguei na 1º vara e me disseram que seria normal, às 8:00 de amanhã!
    Assim seja!

    ResponderExcluir
  4. Mas a hora desse Mafiosos esta chegando , se viemos até aqui não tem mais como essa Quadrilha escapar paulo Fica em Paz

    ResponderExcluir
  5. Triste, muito triste.... Forças ocultas sempre atuando em baixo nos porrões. Esse pais é de desanimar qualquer um......

    ResponderExcluir
  6. A 'irmandade' (∴) não dorme e não desampara os irmãos, Paulo. Já era o esperado.

    Alguma chance de recorrer a um tribunal internacional de direitos humanos?

    ResponderExcluir
  7. Não são todos os maçons que apoiam os médicos. Ao contrário, muitos querem que a verdade do caso e a justiça prevaleçam. Alguns, muito dignos, militam na gloriosa PMMG.

    ResponderExcluir
  8. Querer somente é muito pouco. Se esconder no anonimato para não enfrentar cobranças dos 'irmãos' pode ser tudo, menos prova de coragem e dignidade. Assim como os que protegem os assassinos estão dando as caras nas ruas, os que querem a verdade deveriam também organizar protestos e dizer que não aprovam maçons assassinos e/ou protetores de assassinos. Torcer escondidinho é muito confortável se preservando das cobranças e do estigma de não proteger irmãos.

    "Maçonaria vai combater corrupção eleitoral
    01 de agosto de 2014"

    Blog do Moacir Pereira, Diário Catarinense.

    foto: Foto: Guy Lucena / Agência RBS

    Abaixo da foto ilustrativa de uma loja segue o texto:

    "Reunidos em assembleia nacional, dirigentes e integrantes da Confederação Maçônica Simbólica do Brasil aprovaram a “Carta de Belo Horizonte”, com uma veemente condenação a toda forma de corrupção política e eleitoral. Apelam, também, para que todos exerçam a cidadania nas eleições de outubro, denunciando fraudes e irregularidades.
    Santa Catarina participou do evento com 71 representantes das 108 lojas do Estado, liderados pelo grão mestre João Eduardo Bergigier.

    Uma campanha será desenvolvida em todo o país. Em Santa Catarina, começará com outdoors na estrada do Sul da Ilha, onde está localizado o templo das Grandes Lojas.

    Vai enfatizar o que está na carta: “Não vendam o seu voto; não votem em branco nem anulem seu voto; não votem em quem quer comprar seu voto; não elejam políticos antiéticos e de comportamento descomprometido com a moral; não apoiem candidatos oportunistas, interessados em enriquecer ilicitamente, no exercício de mandatos eletivos; acompanhem e participem, ativamente, das ações que têm sido empreendidas em favor da decência nas relações sociais.”

    Depois de reiterar a disposição de todos os maçons de exigirem ações que coíbam a impunidade e sua erradicação, apela: “Que os futuros mandatários atuem de acordo com os princípios constitucionais da legalidade, probidade e moralidade administrativa e, principalmente, mostrem comprometimento com a solução dos problemas do povo brasileiro.”

    O documento em defesa da cidadania produzido pelos maçons começa a ser divulgado neste fim de semana em todo o Brasil."

    Em MG! chega a ser irônico, não?

    ResponderExcluir