Desembargadores comprados

Desembargadores comprados

domingo, 21 de agosto de 2016

A ousadia do canalha

A ministra do STF acaba de dizer que o brasileiro precisa ter a ousadia do canalha. O que ela quer dizer com isso? Eu explico. Precisamos ter mais coragem de lutar por nossos direitos. Precisamos ser mais ousados. Precisamos ousar, como os canalhas ousam. 

No último post, escrevi sobre Jussara Souza e o drama que viveu e ainda vive, depois de ter a filha sequestrada por conselheiros tutelares. Agora os canalhas se protegem atrás do prefeito Camilo Martins que se nega a assinar a exoneração. Em um país sério, estes conselheiros estariam presos junto com o prefeito, mas o Brasil é o país onde as "autoridades" são canalhas. E como disse a ministra do STF, precisamos ter a mesma ousadia dos canalhas para combate-los.


E é exatamente isto que tenho feito nos últimos 16 anos e vou fazer novamente neste post. O canalha é aquele que faz a merda e depois quer impedir que falemos sobre o que ele fez. Para isso, ele utiliza a própria justiça, processando e tentando impedir o nosso direito a livre manifestação do pensamento. Não acha justo eu chamar alguém de vagabundo e canalha? Ora, os vagabundos e canalhas deveriam se preocupar com isso, antes de fazer as vagabundagens e canalhices. Uma vez que fizeram é meu direito expo-los. Aliás, é meu dever como cidadão.

Voltando ao caso Jussara, além de ser ameçada, ela está sendo processada por uma das conselheiras sequestradoras que está sendo protegida pelo prefeito. Ela processou Jussara após a mesma publicar imagens dela nas redes sociais, cobrando explicações. A conselheira Adriana da Rosa, processou Jussara por "USO INDEVIDO DE IMAGEM". kkkkkk   Sim meus amigos. Ela não gostou que as imagens dela tenham sido publicadas! Mas ela não se importou em mandar sequestrar a filha de Jussara contrariando a lei e usando de violencia policial.

Conselheiros Tutelares de Palhoça


Então vamos ousar como os canalhas. Veja as fotos dos conselheiros que quase destruiram a vida de Jussara e sua filha. Lourival  Espíndola é o primeiro. Lourival é um dos conselheiros que atuou no caso.  Veja que cara de felicidade!

Jussara foi hostilizada, tratada como uma prostituta e drogada pelos conselheiros, acusações essas totalmente falsas que foram usadas para justificar o sequestro de Clarinha. Vocês podem imaginar o que essas pessoas são capazes para ter o domínio e posse de uma criança? 









Esta é a conselheira tutelar Nazarete Beatriz Shutz Borges. Veja como ela é feliz, enquanto a Jussara vive uma tristeza imensa. É assim que funciona meus amigos.


Esta é a conselheira Adriana da Rosa! Ela é quem está processando Jussara. Não é o máximo! Determina o sequestro de uma criança sem qualquer motivo e processa a mãe por uso indevido de imagem. Bom, cara conselheira. Eu estou usando sua imagem agora. Precisa me processar também. Ou será que só ameaça quem é frágil?


Pausa para comemorar! As duas conselheiras tomando um vinho. O que será que elas comemoram, enquanto Jussara luta por justiça e principalmente para acabar com a canalhice em Palhoça? Como a vida é fácil para estas pessoas! São eleitas conselheiras, passam a receber um belo salário e passam a tomar decisões na vida de outras pessoas, arbitrariamente, destruindo sonhos e lares. 


Pronto queridos conselheiros! Estou usando a imagem de vocês! Espero que vocês não se incomodem, como a Jussara ficou incomodada quando vocês sequestraram a filha dela. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário